O que acontece se eu receber o seguro desemprego trabalhando?

      116 comentários em O que acontece se eu receber o seguro desemprego trabalhando?

O que acontece se eu receber o seguro desemprego trabalhando? O Seguro desemprego é um direito que todo o cidadão que trabalha registrado em carteira pode receber a partir do momento que ficar desempregado, porém existem muitas pessoas que se aproveitam de brechas no sistema e continuam recebendo o benefício mesmo quando já estão novamente empregados, caso isso seja percebido pelo Ministério do Trabalho o cidadão tem o direito retirado.

Receber o Seguro Desemprego trabalhando é crime ?

receber o seguro desemprego trabalhando

O seguro desemprego é concedido ao trabalhador desempregado por um período de 3 a 5 meses provendo assistência temporária quando a dispensa do trabalho não foi por justa causa e também auxilia o trabalhador na recolocação profissional, existem muitas oportunidades para os trabalhadores que passam pela situação de desempregados, além de cursos preparatórios que ajudam para que os mesmos adquiram mais experiência no mercado que atuam ou até mesmo adquiram experiência para começarem em um novo mercado.

O fato é que as coisas nem sempre funcionam da maneira correta e alguns trabalhadores se aproveitam do desemprego e continuam recebendo o benefício mesmo quando já foram realocados, isso geralmente acontece em comum acordo com a nova contratante que aceita a situação e não registra o funcionário para que ele continue recebendo o benefício, porém se esquece que este dinheiro é usado em prol dos que estão desempregados e desta maneira o trabalhador que receber o benefício sem precisar está tirando o benefício de alguém que esteja realmente desempregado.

Isto é crime previsto em lei, porém é feito largamente pelas empresas e empregados, afinal os dois levam “vantagem” com isso, de um lado o empregado que continua recebendo o benefício até completar todo o período que tem direito e junta o benefício ao salário da nova contratante e do outro lado o empregador que não precisa arcar com despesas relativas a contratação o que diminui as despesas com 13º salário, férias, INSS, etc.

Leia também –> Perguntas e dúvidas frequentes sobre seguro desemprego

Um país das “Vantagens”

Parece que isso aos poucos está acabando, porém ainda existem muitos casos em que o Brasil ainda tem situações em que sempre existe alguém querendo ganhar vantagem em alguma coisa, mas com tantas denúncias e também com prisões de políticos sendo efetuadas parece que aos poucos as coisas vão entrando no eixo e da mesma maneira que o exemplo vem de cima (política) o inverso possivelmente vai acontecer e aos poucos as pessoas vão tomando consciência do que é certo a ser feito.

O fato de receber o Seguro Desemprego estando trabalhando é caracterizado como prática de estelionato contra a Administração Pública (Art.171 – “Obter para si ou para outrem, vantagem ilícita em prejuízo alheio, induzindo ou mantendo alguém em erro, mediante artifício ardil ou qualquer outro meio fraudulento.” Caso a Fraude seja descoberta o trabalhador pode ser condenado a 5 anos de prisão e multa.

Conclusão sobre “O que acontece se eu sacar o Seguro Desemprego e Estiver Trabalhando ?”

Este ou qualquer outro ato que mostre estar errado deve ser punido e principalmente as pessoas devem parar de criticar os políticos enquanto também executam ações de má fé contra a população, afinal quando alguém recebe o dinheiro do Seguro Desemprego e está trabalhando acaba tirando o benefício de outra pessoa que pode estar precisando muito mais deste benefício.

Quando acontece suspensão ou cancelamento do seguro desemprego

Curta também nossa fan page para mais informações.

116 thoughts on “O que acontece se eu receber o seguro desemprego trabalhando?

    1. sidnei

      Falando em tirar do bolso, quem vai devolver o dinheiro que o pt do lula e da Dilma tirou do meu bolso, no mensalão e na Petrobrás?.

      Reply
    1. Davinty

      O trabalhador só não tem direito ao benefício se estiver a menos de um mês desempregado, se tiver passado mais de dois anos desde a data de sua demissão ou se tiver recebido outro seguro-desemprego a menos de 16 meses. Se não for o caso, o trabalhador receberá as parcelas na seguinte ordem:
      – 30 dias de desemprego – 1 parcela
      – 45 dias de desemprego – 2 parcelas
      – 75 dias de desemprego – 3 parcelas
      – 105 dias de desemprego – 4 parcelas
      – 135 dias de desemprego – 5 parcelas

      Reply
  1. Julia

    A colocação de que esta tirando de alguém que precisa esta totalmente errada.Pode ser errado receber o seguro enquanto se esta trabalhando,mas isso também não esta prejudicando ninguém. Pois se recebemos é por que contribuímos, ao contrário,por exemplo, de quem recebe bolsa família,que passam a não precisar e também não avisam.

    Reply
      1. sabrina

        entrei numa empresa recebendo o seguro desemprego depois que acabei de receber ela me fixou mais naum do dia em que recebi a ultima parcela mais na data de entrada na empresa qe e a mesma de quando ainda estava recebendo o seguro conclusao e como se eu estivesse trabalhando e recebendo e ag0ra o que faco fui sacaniada

        Reply
    1. Jeniffer Natasha

      Verdade, pode ser errado, agora dizer que é criminoso é um grande exagero. Seria crime tirar da conta de outra pessoa. Agora um direito meu, um dinheiro que foi batalhado e suado, o que há de criminoso nisso? E quando se é beneficiado por um programa do governo sem declarar que precisa? Não é crime?

      Reply
  2. Edna

    Falam tanto de direitos do trabalhador, mas quanto ao meu auxilio só rolo trabalhei durante 3 anos e pouco em ema empresa , fui dispensada recebi meus direitos , até ai beleza um ano depois comecei em outra empresa , trabalhei mais 3 anos e 3 três meses fui dispensada sem justa causa , no dia de sacar o seguro uma surpresa ruim teria q devolver 4 parcelas, sendo q tive um intervalo de quase um ano desempregada. já não sei mais a quem recorrer , já dei as provas q me pedirão , a quase 3 meses e nada resolvido . Indignada .

    Reply
    1. vinicius- [email protected]

      Nossa, e que fim levou isso?

      Reply
    2. Deyse

      Minha situação e trabalhei por quase 4 meses recendo seguro sem assinar a carteira sai desta empresa e até agora ela não me pagou os dias que trabalhei fica me enrolando o que faço

      Reply
  3. altair carlo do nascimento junior

    recebi 5 parcela de seguro de desprego e trabalhei os 5 mês depois de 07 anos o governo esta me indiciado por isso poso ser preso compareci numa intimação na policia federal no dia 07 01 2014 isso e uma vergonha porcalza de 5 parcela talvez teque ficar treis anos

    Reply
  4. Btuno

    Hahahaha… esse post foi escrito por algum assessor de algum político! Hahahaha! Como vou tirar o benefício de um desempregado se ele na condição de desempregado possui direito ao benefício? Kkkkk! É cada uma!

    Reply
  5. Jéssica

    Gente eu estou saindo do serviço agora e faz somente 15 meses que dei entrada no seguro desemprego pela ultima vez e quando dei está entrada tbm não recebi todos as parcelas e logo já comecei a trabalhar, agora que vou sair posso dar entrada no seguro normalmete, ou não tenho mais direito.

    Reply
  6. manuela lima rocha

    A minha situação é por de mais delicada para abrir mão desse direito. Eles não olham casos isolados, olham apenas como exercício de má fé! Isso é um absurdo.
    Eu nunca fui mandada embora mas finalmente isso aconteceu, só que já vou começar em outro emprego no dia primeiro de abril e fui demitida no dia cinco de fevereiro , ou seja, nem sei o que fazer, ninguém explica nada, nem contratante nem governo… Digamos que eu não consiga passar se quer nos três meses de experiência , dai perco tanto o seguro quanto o emprego?
    É isso que o governo quer??????
    Tirar do bolso de quem precisa , que argumento mais de direita , sinceramente VERGONHA DE SER BRASILEIRA!

    Reply
  7. eduardo

    mas se eu receber a parcela e ela cair direto na minha conta da caixa sem eu autorizar, e eu fica sabendo so depois de 2 anos, mesmo assim a culpa e minha e eu tenho q paga os juros q rolo da parcela???

    Reply
  8. LEONILDA

    EU TRABALHEI 2 MESES EM UMA EMPRESA E ELES ME MANDARAM SEGURO DESEMPREGO E DEPOIS A MESMA EMPRESA ME INDICOU PARA OUTRA E FALOU QUE EU PODIA RECEBER POIS FIQUEI TRABALHANDO APENAS 2 MESES NA SEGUNDA EMPRESA .O QUE PODE ACONTECER COMIGO QUAL A LEI QUE VOU PODER RECORRER !! LEMBRANDO QUE NENHUMA DAS EMPRESAS FIQUEI 6 MESES

    Reply
    1. Viviane Dias

      Leonilda,Seguro desemprego até ano passado,era a partir de 06 meses,portanto,você não tem direito sendo que trabalhou 02 meses.

      Reply
    2. CHICO TREVA

      ENTÃO SE ESFORÇA PRA FICAR MAIS TEMPO! PELO AMOR DE DEUS NÉ…. 2 MESES EM UMA SAIU 2 MESES EM OUTRA SAIU AÍ NEM O JULIO IGLEISAS AGUENTA KKKKKKKKKK

      Reply
  9. sodre

    trabalhei durante 3 anos na empresa quando sair dei entrada no seguro, quando fui chamado para trabalhar temporario por 3 meses e nesse periodo saquei 2 parcelas agora o contrato do trabalho temporario terminou e meu seguro bloqueou, ainda tenho como sacar as outras parcelas? tenhoo direito a 5 e saquei 2 estou desempregado e precisando.

    Reply
  10. Gustavo Silva

    Se você tiver uma parcela já liberada e começar a trabalhar nesse mesmo mês, essa parcela pode ser sacada normalmente?

    Reply
    1. cristiano

      Poucos sabem o q vale e o tempo q a pessoa ficou desempregada , 30 dias 1 parcela, 45 dias 2 parcelas ,75 dias 3 parcelas, 105 dias 4 parcelas, 130 dias 5 parcelas o q conta e ultimo dia trabalhado com aviso previo ou nao.

      Reply
      1. luciana

        Ola pessoal,Cristiano.

        Eu dei entrada no meu,e recebi apenas 1 parcela ,agora tenho a segunda parcela liberada,o tempo que fiquei sem registro foi de 100 dias,,arranjei outro trabalho porem a empresa nao esta seguindo com o contrato e vou sair.
        Minha duvida seria posso sacar entao a segunda e a terceira parcela?Melhor ir ate uma caixa conversar sobre?
        luciana

        Reply
    2. sara prestes

      GUSTAVO ME AJUDA AI E TENHO ULTIMA PARCELA PARA RECEBER EM 18/11 MINHA CARTEIRA FOI ASSINADA COM CONTRATO DE EXPERIÊNCIA 03/11 30 DIAS TENHO DIREITO DE SACAR O SEGURO MESMO ASSIM…

      Reply
    3. Emanuel Felipe

      Boa tarde! eu recebi 3 parcelas do seguro enquanto estava numa nova emrpesa. anos atras. quando fui dar entrada no novo seguro desemprego, me informaram que eu tinha que devolver essas tres percelas ao governo, no valor da época corrigido. Sera que essas parcelas podem ser descontadas do novo benefício e eu receber o restante?

      Reply
      1. Thaís

        Oi Emanuel ,então , aconteceu isso comigo , e não pode descontar , até tentei entrar nesse acordo , porém não tive sucesso haha
        Então daí eu tenho que pagar a eles mesmo quando for da entrada!

        Reply
  11. cícero

    ola eu cei q tenho 4 meses pra da entrada no ceguro mais eu entrei nunha impreza fiqei dois mezes nao deu certo e pedi conta e ja entrei em outra ce eu for mandado imbora no fim do contrato d tres meses eu concigo pega o ceguro da impresa q eu trabalhei antes por oito anos

    Reply
  12. Raquel

    Eu recebo o bolsa família, mas consegui um trabalho a um ano, mas essa semana fui desligada do emprego. Mesmo recebendo bolsa família, poderei receber meu auxílio desemprego?

    Reply
  13. Vanessa Silva

    Discordo deste artigo No caderno de SP segundo o supervisor do CAT temos o direito de retirar o seguro sim, não se tira de outro trabalhador pois pagamos durante o tempo trabalhado. Nos brasileiros ainda não temos direito a escolher entre previdência privada ao sermos registrados, já são recolhido os encargos, para uma futura licença, afastamento, enfim e quando pedimos a conta não recebemos nada do que é recolhido. Fica retido enfim nó brasileiros devemos lutar por nossos direitos, os programas para recolocação no mercado e dever do governo sim que oferece uma péssima educação, o seguro mesmo que empregado se já foi dado entrada no beneficio, é de direito do trabalhador continuar recebendo ou não.
    Vanessa Silva

    Reply
  14. Junior Reyveha

    Trabalhei durante um período de 9 meses, fui dispensado sem “Justa Causa”, fui desligado da empresa dia 01-04-2014, porém dei entrada no seguro 06-06-2014.
    Comecei a trabalhar como Jovem Aprendiz no dia 17-06-2014 recebendo apenas meio salário mensal, hoje dia 07-08-2014 minha carteira de trabalho está retida pela empresa, porém ainda não foi assinada, mas será assinada com a data de assinatura do contrato(17-08). Neste período recebi. A parcela1 (06-07-2014) e a parcela2 (04-08-2014), está última parcela não usufrui, porém, a primeira sim.
    Terei que devolver esta parcela1 é 2?
    O que previsto na Lei pode me acontecer, e o que devo fazer?

    Reply
  15. Geelson

    Trabalhador empregado com carteira assinada pode receber seguro desemprego

    Texto: Gabriel Aquino

    Pouca gente sabe, mas o serviço de habilitação ao seguro-desemprego não é restrito apenas para pessoas que estão desempregas. Se o trabalhador não tiver recebido todas as parcelas do benefício que tem direito e conseguir emprego com carteira assinada, ainda terá direito de receber mensalmente os valores do seguro desemprego. Segundo o supervisor do Programa Seguro-Desemprego do CAT – Centro de Apoio ao Trabalho, Valdecy Pereira, essa informação que muitos desconhecem, é uma das razões que levam muitos desempregados a não participarem das seleções e entrevistas de emprego por medo de perder o direito ao benefício.
    Pereira afirma que os trabalhadores não sabem de seus direitos e, por isso, não vão atrás do benefício: “É uma coisa cultural do brasileiro. Se o trabalhador ainda possui parcelas do seguro-desemprego para receber e nesse período conquista uma oportunidade no mercado de trabalho, ainda é seu direito recebê-las, lembrando que os meses em que ele esteve desempregado antes de procurar pelo serviço também devem ser pagos” destaca.
    O supervisor afirma que diversas vezes pessoas desistem de uma vaga de emprego oferecida pelo CAT, por medo de perder o benefício: “Muitas vezes encaminhamos os trabalhadores para entrevistas de emprego que envolvem vagas que se encaixam no perfil da pessoa, mas não comparece na entrevista, pois acha que perderá o benefício”.
    Valdecy enfatizou o procedimento realizado pelos atendentes do CAT. “Logo que o munícipe dá entrada ao seguro-desemprego no CAT, ele recebe um comprovante onde constam as datas em que serão pagas todas as parcelas, além disso, eles também são informados sobre todos os seus direitos relacionados ao benefício. É um trabalho que já realizamos há anos e hoje podemos notar que muitos já sabem sobre seus direitos” conclui.
    O trabalhador só não tem direito ao benefício se estiver a menos de um mês desempregado, se tiver passado mais de dois anos desde a data de sua demissão ou se tiver recebido outro seguro-desemprego a menos de 16 meses. Se não for o caso, o trabalhador receberá as parcelas na seguinte ordem:
    – 30 dias de desemprego – 1 parcela
    – 45 dias de desemprego – 2 parcelas
    – 75 dias de desemprego – 3 parcelas
    – 105 dias de desemprego – 4 parcelas
    – 135 dias de desemprego – 5 parcelas
    Para dar entrada na habilitação ao seguro-desemprego, o munícipe deve comparecer em qualquer unidade do CAT e ter em mãos os seguintes documentos: Requerimento do Seguro-Desemprego (duas vias – verde e marrom); cartão do PIS-PASEP, extrato atualizado ou Cartão do Cidadão; Carteira de Trabalho e Previdência Social- CTPS; TCRT – Termo de Rescisão do Contrato de Trabalho, devidamente quitado; Documentos de Identificação – carteira de identidade, certidão de nascimento, certidão de casamento com o protocolo de requerimento da identidade (somente para recepção), carteira nacional de habilitação (modelo novo), carteira de trabalho (modelo novo), passaporte ou certificado de reservista; 3 últimos contracheques dos 3 meses anteriores ao mês de demissão e documento de levantamento dos depósitos do FGTS – Fundo de Garantia do Tempo de Serviço, extrato comprobatório dos depósitos, relatório da fiscalização ou documento judicial (Certidão das Comissões de Conciliação Prévia / Núcleos Intersindicais / Sentença / Certidão da Justiça).

    Reply
    1. Bartira

      Hum muito bom saber disso!! Pois saí do emprego em 05/04/14 e minha carteira será assinada na segunda dia 01/09/14, mais de 135 dias sem trabalho!!! Recebi apenas 3 parcelas do seguro, isso quer dizer que tenho o direito de receber as duas últimas parcelas (17/09 e 17/10) mesmo com a carteira assinada. A primeira parcela só saiu depois de 3 meses desempregada, tenho sim o direito!!! Feliz!!!!

      Reply
    2. Elke

      Eu não sei quem é este supervisor, mas ele está equivocado!
      Pois estava recebendo seguro e foi cortado imediatamente após assinar minha carteira.

      Reply
  16. Simone

    Já recebi 4 parcelas do meu seguro, vou receber a ultima dia 23 de setembro, caso eu assine a carteira novamente eu perco a ultima parcela? a partir de quando eu posso assinar sem perder a ultima parcela do meu seguro!

    Reply
  17. Luis

    Não vejo crime algum nisso; esse dinheiro vai ajudar a esquentar o mercado e etc… e diferente de bouça família e auxílio carinhoso que só tira.
    Esse dinheiro do Seguro Desenprego e contribuição de quem trabalhou e Deu seu sangue pelo país… e o mínimo que o país tem por obrigação fazer por quem trabalhou e foi demitido e está começando a trabalhar numa outra empresa que pode demitilo no outro dia…

    Reply
  18. ana paula

    fala serio neh? falam q tem ”cursos de qualificação” igual se esses cursinho lero leros servi- sem pra alguma coisa…deixa a gente n fazer um superior, ou pelo menos um tecnico não

    Reply
    1. Adilson Schiochett

      Veronca depende eu peguei 4 parcelas sempre no dia 1 caia as parcelas daí fui registrado dia 13 e quando fui pegar a 5 estava lá mas se eu fosse registrado no dia 1 acho eu que não cairia pra min pega

      Reply
  19. Bartira

    Hum muito bom saber disso!! Pois saí do emprego em 05/04/14 e minha carteira será assinada na segunda dia 01/09/14, mais de 135 dias sem trabalho!!! Recebi apenas 3 parcelas do seguro, isso quer dizer que tenho o direito de receber as duas últimas parcelas (17/09 e 17/10) mesmo com a carteira assinada. A primeira parcela só saiu depois de 3 meses desempregada, tenho sim o direito!!! Feliz!!!!

    Reply
  20. Adir Mota Junior

    Comigo aconteceu o seguinte , eu dei entrada no meu seguro Desemprego , de 25 meses/dois anos e um mês , mais ai entre em um seviço temporario com um contrato de 45 dias sendo assim eu perco o Seguro Desemprego? Estou com medo porque meu contrato termina agoa no dia 12 e vou precisar do Seguro .Eu estando trabalhando em um contrato de 45 dias e receber o beneficio também errado?

    Reply
  21. Elaine

    Na verdade isso é uma verdadeira safadeza se eu arrumo serviço só vou receber meu primeiro salário no mes que vem então como podem tirar a parcela que tenho para receber pais de merda esse tenho contas para paga arrumei um serviço dia 09/09/14 e a última parcela do seguro só cai dia 25/09/2014 vou perde a parcela por safadeza e fico sem paga aluguel, luz e deixo meus filhos com fome sacanagem.

    Reply
  22. David Cardoso

    Trabalhei 1 ano e 2 meses numa empresa fui demitido e recebi meus direitos….dei entrada no seguro desemprego só que já estou trabalhando novamente….minha carteira foi assinada 14 dias depois que dei entrada no seguro….será que ainda recebo pelo menos uma parcela?

    Reply
  23. Eduardo

    Quem escreveu isso é que come o dinheiro do auxílio pois como vou tirar de alguém se o mesmo tem direito ao benefício também , e outra , essa bosta de reintegração é uma verdadeira mentira pois se você cadastrar seu nome no banco de empregos te tiram o benefício do auxílio , e outra não te garantem emprego , dai você fica sem emprego e sem auxílio , agora pra onde vai esse dinheiro ? Indignado é pouco

    Reply
  24. edcastrorock

    Ola
    recebi as 3 parcelas do seguro nas datas corretas, e quando fui receber a 4ª , informa que nao tem saldo disponível, sendo que nao estou trabalhando.se caso atrase mais tem como entrar com recursos contra eles?

    Reply
  25. Beatris

    Recebi a ultima parcela do seguro mas estou desempregada ainda não consegui serviço quero saber se ainda tenho direito ao benefício?
    Beatris

    Reply
  26. Revoltado

    Quem escreveu isso e um merda, porque o governo só sabe roubar de todo mundo , vc trabalha 4 meses só pra pagar os impostos que o governo impõe se te dar nada em troca, aí quando vc tem a oportunidade de receber alguma coisa vem um babaca e fala que vc está sendo desonesto com o governo, por isso esse pais e tão maravilhoso pq tem gente apoiando os governantes a roubarem mais e mais

    Reply
  27. jessica

    Boa noite, Trabalhei dura 1 ano e 4 meses em uma empresa quando eles me mandaram embora não quis receber o seguro desemprego e se passaram 6 meses que fui desligada dessa empresa e hoje estou trabalhando a dois meses em outra empresa será se essa empresa me mandar embora tenho a possibilidade de receber o seguro .

    Reply
  28. Aline

    Sobre o seguro baseado no tempo que o trabalhador está desempregado:

    trabalhei 1 anos e 2 meses em uma empresa. Tenho direito a 4 parcelas, correto? Mas fiquei mais de 180 dias desempregada. Tenho direito a uma 5ª parcela?

    Obrigada.

    Reply
  29. Reginaldo

    Não consegui trabalho só porque saquei duas parcelas do seguro com a carteira assinada é esse o Brasil que vivemos. O cine disse que tenho que devolver as duas parcelas para o ministério do trabalho se não ficarei inadimplente ao novo cargo.

    Reply
  30. Leandro

    Único beneficio para o trabalhadore e o seguro e ainda ficam falando merda da cadeia por causa desa miséria de seguro lei porca suja e como a aposentadorias minha mae não caminha a 30 anos completa mente paralítica e tem reumatismo nas maos nunca recebeu um real c QR ainda nas pericias colocam q ela e apta a trabalhar peritos flp sem vergonha Governo imundo corruptos da nojo votar para uns vermes desses mas somos obrigados a votar

    Reply
  31. Emanoel Wilson

    Quem pode responder minha pergunta? Estou recebendo a 2ª parcela do seguro-desemprego, mas estou entrando numa empresa que é cargo comissionado sem nenhum vínculo empregatício… Não assinam a carteira e nem assumem os direitos trabalhistas… O meu seguro pode ser cancelado?

    Reply
  32. edina

    Pura sacanagem isso. Todo trabalhador tem direto de receber todas as parcela mesmo trabalhando,pois quando meu marido foi demitido ficou 2 meses para receber a 1ª parcela,eles não ve que temos água luz aluguel comida, remédio etc..

    Reply
  33. anderson

    Fiz a compensação de parcelas na restituição do seguro no dia 02/12 e ao olhar no site do mted diz parcela a emitir, para verificar se sua próxima parcela estasra disponível faca uma nova consulta a partir de 01/01/15. O que significa?

    Reply
  34. fernando

    trabalhar recebendo seguro ato criminoso , kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    des de quando receber um dinheiro que nos damos ao governo é crime?
    e na maioria nos nem damos é roubado na nossa cara…
    vao perder tempo escrevendo um artigo que presta

    Reply
  35. Adriana

    Gente, recerecebi seguro desemprego tem 4 anos. Agora estou registrada a 1 ano e 4 meses. Se eu for mandada embora agora com essa nova lei, tenho direito a seguro?

    Reply
  36. Danielle

    Eu tenho que devolver a ultima parcela do seguro que recebi em 2010. O valor está em quase mil reais e eu não tenho esse dinheiro. Tem outro jeito ou vou ter que ficar sem receber???
    Porque pagar um boleto único eu não consigo.

    Reply
  37. jacky

    Eu trabalhei 3 anos por um empresa X recebi duas parcelas de 4 do seguro desemprego e e logo em seguida arrumei outro emprego.Lá fiquei 10 meses será que terei direito de receber novamente o beneficio?

    Reply
  38. Bruno Amaral

    Caríssimos, após ler este texto, surgiu-me algumas dúvidas.
    Receber seguro-desemprego, enquanto se está trabalhando, PODE CARACTERIZAR ESTELIONATO (CRIME), caso haja fraude, simulação de rescisão contratual (ser despedido formalmente, porém, continuar trabalhando para o mesmo empregador e, paralelamente a isso, receber seguro-desemprego. Há exceções. Por exemplo, ter parcelas a receber do seguro desemprego (por estar a mais de 30 dias desempregado) e no segundo mês ser contratado. Aquela parcela que ainda nao foi paga é um direito do trabalhador receber, pois ele ficou, de fato, um mês desempregado. Qualquer dúvida, sugiro procurarem o Ministério do Trabalho e Emprego, a fim de evitarem maiores incomodações. Sou estudante de Direito e fiz esta pesquisa para auxiliar quem se encontra nesta situação.
    Ao pesquisar em outros sites e na jurisprudência (decisão judicial de um Tribunal), encontrei um Acórdão do TRF4 no qual um beneficiário do seguro-desemprego foi condenado, juntamente com seu empregador (empresa), por ESTELIONATO. O beneficiário e a empresa simularam uma rescisão contratual (ou seja, fizeram uma rescisão formal), para que o trabalhador recebesse o seguro-desemprego, mas continuasse trabalhando na empresa. De fato, ocorre que o trabalhador continuou laborando na mesma empresa e, concomitantemente, recebendo o seguro-desemprego. Em razão disso, os dois foram condenados por ESTELIONATO, o beneficiário por receber indevidamente o seguro-desemprego e a empresa por “efetuar a anotação do vínculo empregatício na Carteira de Trabalho para viabilizar a manutenção do recebimento do seguro-desemprego por parte daquele, e também para reduzir o valor dos impostos devidos pela empresa, incidentes sobre a folha de pagamentos”.

    Reply
  39. kelly juliana

    Pode receber sim estando trabalhando, o que conta e o tempo desempregado exemplo: 30 dias 1 parcela 45 dias de desemprego 2 parcelas, 75 dias desempregado 3 parcelas seguro é só pesquisar e parar d falar merda.

    Reply
  40. alberto santos

    a minha parcela esta em situação parcela a emitir logo abaixo ja esta dizendo que a proxima parcela esta disponivel, sai em 22/01/2015 e foi admitido em 06/03/2015, portanto ja passou 30 dias pela lei tenho direito a primeira parcela e possivel que pegue a segunda devido ao tempo, consultei o mte no começo do mes estava la parcela a ser emitida em 20/03/2015, e no dia 14/03/2015, não constava esta informação somente o que relatei a cima.

    entre no site da caixa a ha uma informação da quantidade das parcelas que são 05 e não consta o valor a ser creditado em conta.

    Reply
  41. carla

    Vou começar a receber o seguro agora á. primeira parcela mais já começo hoje a trabalhar vou perde às outras duas parcela.

    Reply
  42. flavio

    olá, sai do meu emprego sem justa causa a 2 meses, trabalhei durante 4 anos, sei que tenho direito a 5 parcelas, mas nesses 2 meses só consegui agendar o beneficio pra proxima semana no dia 13 inclusive moro em caxias e so consegui marcar pra teresopolis e vai ser na mesma semana que vou começar em outra empresa, sera que eu consigo pegar algumas ´parcelas ainda??? por favor me de uma resposta.

    Reply
  43. gismar Cardoso

    Pessoal há novas regras para o seguro desemprego inclusive para quem deu entrada no seguro e assinou a carteira novamente, é direito do trabalhador fiquem atentos, e pode sim ter a carteira assinada e receber o o seguro depende de quanto tempo você ficou sem trabalhar nesse intervalo .

    Reply
  44. Davi Alexandre

    O trabalhador só não tem direito ao benefício se estiver a menos de um mês desempregado, se tiver passado mais de dois anos desde a data de sua demissão ou se tiver recebido outro seguro-desemprego a menos de 16 meses. Se não for o caso, o trabalhador receberá as parcelas na seguinte ordem:
    – 30 dias de desemprego – 1 parcela
    – 45 dias de desemprego – 2 parcelas
    – 75 dias de desemprego – 3 parcelas
    – 105 dias de desemprego – 4 parcelas
    – 135 dias de desemprego – 5 parcelas

    Reply
    1. vinicius- [email protected]

      Uma dúvida, há tempos li um caso de um rapaz que saiu da empresa e deu entrada no seguro-desemprego, mas imediatamente foi chamado para trabalhar num emprego por contrato ou seja não constava na carteir ade trabalho, ele tinha passado num concurso, acho q no ibge. Como ele conseguiu os dois? Eles não cruzam os dados? Será que ele ficou contando vantagem?

      Reply
  45. jo

    entrei com meu seguro a 5 meses falta uma parcela pra mim agora saiu uma entrevista de emprego pelo mte sera que perco a ultima parcela?

    Reply
  46. Ramon Barros

    Fui me cadastrar no Pat em jundiai e fui informado que só do fato deu arrumar alguma entrevista por eles eu já perco meu direito do seguro ainda tenho 3 parcelas pra receber… Ela me informou que é um problema de sistema será verdade essa informação???

    Reply
  47. Ana

    Gostaria de tirar uma dúvida, estava recebendo as parcelas do seguro e agora fui registrada, consegui pegar 3 parcelas, mas agora caiu a 4 parcela sendo que o registro da carteira foi 01/06 e parcela caiu 02/07. Tenho que devolver o valor que saquei? Bom, eu não pedi. Alguém pode me esclarecer?

    Reply
  48. julia

    gente alguém sabe me informa se quem esta recebendo o seguro e tirar uma nova carteira de trabalho, ou seja, uma segunda via, e a empresa assinar na segunda carteira o beneficio continua ou é cortado msm assim?

    Reply
    1. Adriana

      Tenho essa mesma dúvida Júlia se souber me informe, to no Seguro desemprego e tenho outra carteira de trabalho e to com medo de levar ela é a empresa saber q to no Seguro por uma outra carteira..

      Reply
  49. Jaqueline

    Bom, eu estou passando por um caso parecido, fui demitida em Agosto de 2014, sem justa causa sem direitos, tive que abrir um processo pra conseguir receber meus direitos, o juiz me concedeu de receber o benefício em Fevereiro, mas eu já estou trabalhando desde 01 de dezembro de 2014, na prefeitura de Cabo Frio, RJ, de contrato, e quando fui dar entrada no benefício, eles cruzaram os dados, e por isso só me liberaram 3 parcelas, ou seja, eles cruzam os dados sim, mesmo de contrato, e principalmente se for prefeitura, neste caso relatado parece q ele teria dado entrada no benefício um pouco antes de começar a trabalhar, acho q assim essa informação só apareça depois, aí já viu, né.

    Reply
  50. Lucas

    Tenho ainda duas parcelas para receber, mas arrumei outro emprego se eu registrar e sacar essas duas parcelas posso ir preso?

    Reply
  51. mecio

    Eu já recebe duas parcelas mais já comecei a trabalhar minha carteira foi fichad e eu recebe a ultima o que pode acontecer comigo.

    Reply
  52. Silvia

    Trabalhei um ano e meio em uma empresa,saí, estou estudando e estagiando contratada, sera que eu posso receber o seguro desemprego?
    Alguem pode mi ajudar???

    Reply
  53. Carlos

    Eu sai de uma empresa e apos um mes dei entrada no seguro mais so recebi a primeira parcela no mes seguinte, enquanto isso trabalhei sem registro em outro lugar e recebi as 5 parcelas do seguro, agora sai da empresa na qual n estava registrado, e fizeram uma denuncia dizendo q eu estava recebendo seguro e trabalhando. Gostaria de saber oq pode acontecer.

    Reply
  54. williams Francisco Lopes

    Preciso de ajuda.dia20 é minha última parcela.mas fui contratado experiência. Eu resebo essa parcela.me falem por favor.

    Reply
  55. Marcio

    Engraçado é que quando nós pegamos alguma parcela do seguro desemprego trabalhando, temos que devolver com juros e correções. Agora os políticos que roubam não devolvem mada.

    Reply
  56. Wildner REIS CLARO

    Opinião própria e demagoga,quem recebe seguro trabalhando não tira o beneficio de minguem, é no minimo burro afirmar isso, ate porque seguro desemprego é um direito de qualquer trabalhador que se enquadre nos termos de recebimento não ha cota máxima de X pessoas, e falando em direito, em algum momento a pessoa ficou desempregada para receber o beneficio, não ha roubo quando você esta recebendo um direito que é seu

    Reply
  57. Ricardo

    entrei numa empresa dia 14/12/2015, recebi a primeira parcela no dia 18/12/2015, agora devido a necessidade vou para a segunda parcela dia 18/01, sei que se for demitido terei que restituir ou uma ou as duas parcelas.
    da ultima vez tive que restituir uma parcela, não entendo, deveria ser automatico, voce é contratado a empresa envia seus dados para a receita que já bloqueia seu beneficio do seguro desemprego, ai um doido como eu vai la e vê “previsto a liberação para xxxx”… sem dinheiro e com conta acumulada, fico ate contando os dias.

    Reply
  58. Joyce

    Oi, trabalhei por 1 ano e 6 meses nunca peguei tinha pego seguro desemprego, porém no mês seguinte ao receber a primeira parcela recebi uma proposta de emprego no qual iniciei dia 16/11/2015 e a data do seguro era 20/11/2015 ou seja consegue ainda retirar novembro e dezembro. Hj que seria minha última parcela estava bloqueada. O que acontece por que temos que pagar por algo que lutamos tanto para ter? Trabalhei suado todos os dias e ainda continuo.
    Na minha opinião fora nosso emprego nossa salário deveríamos ter uma ajuda de custo do governo mensal para ajudar nos estudos de nossos filhos e na comida que colocamos na mesa,pois com o mundo do jeito que está não conseguimos pagar nada Só cm um salário e ainda se for mandada embora desse meu novo emprego terei que pagar as parcelas que foram retiradas é isso? Fala sério que Brasil é esse? Tenho a quem recorrer? Pelo absurdo? Joyce Nogueira

    Reply
  59. Wander

    Voce em poucas linhas disse mais que a postagem inteira, onde a pessoa escreveu tudo isso só pra dizer que é crime e que é errado…parabens pela resposta!!!

    Reply
  60. Josivaldo França Gomes

    A maior ironia nessa matéria, é que ela diz ser crime alguém receber o seguro estando trabalhando e isso pode faltar para outro trabalhador que precise, detalhe… Todos nós precisamos e corremos atrás de 5 parcelas de um seguro que é direito do trabalhador, agora, me respondam uma coisa… Desviar bilhões de reais da Petrobrás, não está tirando o dinheiro de quem realmente precisa… Desse trabalhador que “seria lesado” se alguém recebesse o benefício nessas proporções?

    Reply
  61. Michael

    estava recebendo o seguro desemprego e comecei a trabalhar e fui demitido com 13 dias, por redução, não tinha dado entrado no cancelamento do seguro, tem algum problema?

    Reply
  62. José Nilson.

    Provavelmente quando VC sair da empresa atual vai ter q devolver as parcelas q recebeu, do contrário não poderá sacar o próximo benefício.

    Reply
  63. Sérgio Roberto Naberezny

    Eu gostaria de fazer uma pergunta e que puder me responder dentro da lei…
    Sabemos que o funcionário que recebe o seguro desemprego trabalhando é enquadrado no atrigo 171. Mas eu gostaria de saber da empresa o que acontece se ela emprega um funcionário recebendo o seguro desemprego, o que pode ocorrer com a empresa?

    Reply
    1. Madson Expedito

      Olá, Sérgio. Em algumas situações a empresa não sabe do ocorrido, mas caso a mesma saiba e seja denunciada, poderá acarretar em multas e punições severas pela justiça do trabalho.

      Reply
  64. janaina inacio lima

    Rebebia seguro desemprego, porem comecei a trabalhar em uma empresa, em um mes a mesma me mandou embora, tenho direito em volta a pegar as parcelas que faltavam ?

    Reply
  65. Suely

    É injusto receber Seguro desemprego após arrumar outro trabalho, porque irá tirar o direito de outras pessoas e blá blá blá……
    E o Pis de 2015 que eu não recebi, foi pra onde? Ou melhor, pra quem? Isso ninguém vê.

    Reply
  66. [email protected]

    para mim, CLT tinha que ser retirado do lei trabalhista. ele ficam com o seu dinheiro, nao pode sacar, e quando devolver te dar um juros menos que a infraçao.

    lei trabalhista e um merda com tudo neste pais. gente tudo que tiver para burlar o sistema eu vou fazer. nao to nem ai.

    Brasil pais de merda.

    Reply

Deixe uma resposta