Quando acontece suspensão ou cancelamento do seguro desemprego

Suspensão ou cancelamento do seguro desemprego

O seguro desemprego é um auxílio financeiro temporário concedido ao trabalhador desempregado, em virtude da dispensa sem justa causa. O trabalhador terá direito a receber entre 3 a 5 parcelas.

Vamos ver as hipóteses em que o beneficio pode ser suspenso e cancelado.

Suspensão do seguro desemprego

O pagamento do benefício do Seguro desemprego será suspenso nas seguintes situações:

  • Admissão do trabalhador em novo emprego;
  • Início de percepção de benefício de prestação continuada da Previdência Social, exceto o auxílio-acidente e a pensão por morte;

Suspensão_novo empregoCaso o motivo da suspensão tenha sido a admissão em novo emprego, o que implica em não recebimento integral do seguro desemprego, o trabalhador poderá receber as parcelas restantes, referentes ao mesmo período aquisitivo, desde que venha a ser novamente dispensado sem justa causa.

A percepção pelo trabalhador de saldo de parcelas relativo a período aquisitivo iniciado antes da publicação da Lei nº 8.900, de 30 de junho de 1994, será, desde que atendidos os requisitos do próximo parágrafo, na demissão que deu origem ao requerimento, substituído pela retomada de novo benefício.

Na hipótese da retomada prevista no parágrafo anterior, o período aquisitivo será encerrado e será iniciado novo período a partir dessa demissão.

Cancelamento do seguro desemprego

O cancelamento do benefício do seguro desemprego dar-se-á nos seguintes casos:

  • Pela recusa, por parte do trabalhador desempregado, de outro emprego condizente com sua qualificação e remuneração anterior;
  • Por comprovação de falsidade na prestação das informações necessárias à habilitação;
  • Por comprovação de fraude visando à percepção indevida do benefício do Seguro-Desemprego;
  • Por morte do segurado.

Confira também:

 

88 thoughts on “Quando acontece suspensão ou cancelamento do seguro desemprego

  1. Vanessa Vieira

    Pessoal me ajudem, me chamo Vanessa e sai da antiga empresa pois estou a procura de estagio na minha area devido ao meu curso de odontologia estar muito puxado, e necessita de mais tempo para estudar, porem nesse meio tempo uma empresa me ligou para uma entrevista, porem decidi não ir e depois expliquei para a moça que nao havia ido justamente por esse motivo (por estar procurando estagio e pela empresa ser longe da minha faculdade, o que comprometeria meu atendimento na faculdade, visto que meu paciente tem de estar na cadeira as 18:30 e o emprego ser das 7:00 as 17:30).

    Eu vou perder o meu seguro?

    Reply
    1. Emprego Post author

      Vá até a Caixa ou Delegacia Regional do Trabalho e prove que não mantem mais vinculo com a empresa e peça para que seu seguro desemprego seja desbloqueado.

      Reply
  2. Zuleide Oliveira

    Boa noite,
    Meu filho recebeu indevidamente 2 parcelas indevidas do seguro desemprego, ficou desempregado em abril/2013, só deu entrada no seguro desemprego em junho e descobriu que teria de devolver as duas parcelas, mas teria direito a receber 5 parcelas, agora voltou a trabalhar e gostaria de devolver estas parcelas , como deve fazer para qual orgão ele se dirije? e estas parcelas que ele teria direito fica para quem??Ele agiu errado, a empresa demorou para comunicar que ele estava registrado, e o pior ninguém te orienta pra que lado correr, por favor aguardo uma orientação, desde já agradeço muito com certeza muitas pessoas estão passando por este problema.

    Reply
    1. Guilherme Lima

      Olá…
      Ele deve procurar o MTE (Ministério do Trabalho e Emprego). Se a sua cidade for pequena, este órgão pode estar integrado com outro, como por exemplo uma prefeitura.

      Esta situação aconteceu comigo, ou seja, fiquei desempregado e ao dar entrada no seguro, fui informado que há dois anos atrás havia usado indevidamente uma das parcelas. A atendente me deu um boleto com o valor total da parcela que havia usado indevidamente. O pagamento não pode ser parcelado. Dependendo da situação do seu filho, a parcela a restituir deve ser o salário atual. Desta forma, não há incentivo para esta restituição.

      Reply
  3. wellington santos

    Olá
    gostaria de tirar uma duvida?
    O SEGURADO do seguro desemprego quando sofre um tipo de amputação de parte dos membros inferiores (amputação dos dedos do pé esquerdo)que imposibilita o segurado de continuar com as suas funções de motorista. o segurado pode dar entrada no auxilio doença junto ao INSS
    como devo proceder e se e o segurado perde ou tem que reembolsar algo ao seguro

    Reply
  4. marcelo gomes

    boa noite, fui dispensando sem justa causa e tenho direito a receber o seguro desemprego, pois tenho um outro trabalho, mais é regime próprio estatutário, não é clt nem inss, não tem registro na carteira de trabalho, mesmo assim posso receber o seguro desemprego do outro trabalho que era registrado. obrigado

    Reply
  5. ana

    ana
    Bom dia , trabalhei 2 anos numa empresa de alimentação e fui demitida por que a empresa perdeu a concorrencia para outra empresa,autmaticamente eu fui contratada e trabalhei um mes e depois fui demitida. gostaria de saber se eu tenho direito de da entrada no meu seguro de emprego da empresa anterior

    Reply
  6. Cellex

    Eu dei entrada no seguro desemprego,mas tive que viajar para uma entrevista,não fiz o curso que eles pedem para fazer e ter direito de receber o beneficio,eu ainda posso receber?

    Reply
  7. Emanuela

    Olá! Estou recebendo seguro desemprego, mas consegui um novo trabalho, mas a contratação será somente em 07/07/2014. Tenho direito de sacar a parcela que cai ainda em 10/07/2014?

    Reply
  8. alessandro

    ai gente tirem uma duvida minha eu já peguei primeira parcela do meu seguro e comecei a trabalhar no dia primeiro desse mês eu pego ainda ser que esse mês a minha segunda parcela do meu seguro no fim domes

    Reply
    1. manoel imbiriba rosa nascimento

      eu recebi o seguro desemprego indevidamente devido eu já está trabalhando ,isso já faz uns 11 anos . gostaria de saber o que devo fazer para reparar esse erro.ou se tem um períoldo para prescrever.

      Reply
  9. Michele

    Dei entrada no seguro desemprego e na mesma semana consegui emprego, porém não gostei da empresa só que é contrato de 3 meses.
    Se eu for dispensada depois que vencer o contrato posso recupera o seguro?

    Reply
  10. priscila

    eu gostaria de saber se eu cancelar o seguro desemprego porq consegui outro se eu tenho q devolver o q eu recebi enquanto estava desempregada

    Reply
  11. Valter de Souza

    Trabalhei 8 meses com carteira assinada e fui demitido em junho de 2014, recebi a indenização e o fundo de garantia, no mesmo dia paguei meu gps(autonomia) mês de julho e agosto e ainda estou dentro do prazo para dar entrada no seguro desemprego.
    Gostaria de saber se ainda tenho direito a este benefício sendo que estou pagando minha autonomia depois da demissão da empresa.

    Reply
  12. marcoazevedo

    Estou com uma questão trabalhista e gostaria de saber se você acha que valerá a pena entrar com ação na justiça:

    Recentemente fui demitido sem justa causa de uma empresa em que trabalhei por 16 anos. A empresa pagou todos os meus direitos trabalhistas. Paralelamente, trabalhava como professor registrado em uma escola. Como o salário desta escola em que leciono é insuficiente para manter minhas despesas, entrei com o pedido de Seguro-Desemprego com a documentação fornecida pelo meu empregador anterior. Recebi as 2 primeiras parcelas, mas ao receber a 3°, recebi notificação de parcela bloqueada do Seguro (devido ao registro na escola) e pedido de devolução dos valores recebidos. Você acha que é possível conseguirmos o recebimento das parcelas restantes do seguro (3) alegando que o salário da escola é insuficiente para o meu sustento? Ou a burocracia neste caso não compensa? Restam ainda 3 parcelas de R$1.306,00.

    Reply
  13. hozeia benarros

    Boa noite me chamo hozeia benarros recebi duas parcelas do seguro a empresa domorou a imformar novo emprego tenho que devolver duas parcelas para poder receber as 5 atual posso pedir para descontar as duas no atual podem me responder

    Reply
  14. Jose Luiz Moreira de Oliveira

    Bom dia me chamo Jose Luiz
    Eu recebi duas parcelas do meu seguro desemprego sendo que o mesmo foi suspenso na terceira parcela por conta de uma entrevista que fiz em uma empresa que estava cadastrada no portal, isso é normal uma vez que a proposta de emprego não condiz com as minhas referencias salariais anterior e profissionais.

    Reply
  15. Priscilla

    Bom dia, tenho um duvida, recebi a primeira de 5 parcela do seguro então fui contratada por uma empresa, fiquei 29 dias e fui dispensada, será que posso voltar a receber as parcelas restante do seguro?

    Reply
  16. marcos

    Bom dia! A pessoa esta recebendo o seguro desemprego, exemplo receberá no 16/11 a 4 parcela, caso ela seja registrado uma semana antes, poderá ser cancelado?
    Quanto tempo o sistema do inss reconhece que a pessoa esta trabalhando ?

    Reply
  17. CLAUDEMIR DOS SANTOS SIQUEIRA

    claudemir
    18/01/2015 bom dia estou com uma duvida gostaria se alguem poderia me ajudar dei entrada no meu seguro desemprego e foi cancelado por eu ter recebido um beneficio do inss numa unica parcela recebi no dia 23/10 2014 e dei entrado no seguro no dia 17/12/2014 o que devo fazer

    Reply
  18. Ana clara lima

    ola bom dia! foi mandada embora do meu trabalho em 2013 ele não mi pagaram meus direitos tive que processar a empresa e recebei meu direitos, só que ele mi entregaram os guias do seguro desemprego so que dei entrada e ate agora não recebei ja fazem mais de 2 tudo isso .O que devo fazer…….

    Reply
  19. Iza azevedo

    fechei a minha mei dia 14/07 no dia 31/08 fui mandado embora do meu emprego trabalhei 14 meses lá. Tenho seguro desemprego?

    Reply
  20. ilza ferreira oliveira filha

    ola,meu nome e ilza ferreira,fui despensada do serviço sem justa causa tive o direito de receber 05 parcela do seguro desemprego.recebi 03 na quarta parcela fui a caixa no dia para sacar e nao havia neuhm saldo desponivel.ou foi bloqueado ou canselado.descobrir que na empressa iss servis stem do brasil ltda.que eu tenho 26 meses de tempo de serviço nessa mesma empresa.e o motivo deu nao estar mais recebendo o beneficio do seguro desemprego. por eu esta reempregada nessa empresa e data da minha adm.foi dada em 19/06/2015.como devo proceder para poder receber minhas parcelas que faltam.uma vez que eu nao estou trabalhando.

    Reply
  21. Stéfani Rejane

    Olá, bom dia!
    Estou com algumas duvidas, gostaria de ajuda para esclarecê-las…
    Então trabalhei em uma empresa por 01 ano e 9 meses fui demitida s/ justa causa em maio dei entrada no seguro desemprego em junho e recebi 01 parcela, porém comecei a trabalhar novamente, no entanto fiquei na empresa somente o 03 meses e meio (quase 04), sendo assim existe a possibilidade de que eu volte a receber as parcelas que não recebi?

    Reply
  22. Francisco

    Fui demitido mas a empresa está em atraso há vários meses com o FGTS. Isso implicará no recebimento do seguro desemprego?

    Reply
  23. claudiana

    Meu seguro foi suspendo, pois consta que tenho uma renda vinculados a um cnpj, mas não tenho e nunca tive nada relacionado a isso o que devo fazer neste caso? Vou perde…onde devo ir?

    Reply
  24. Roseneli da costa xavier

    OI Há um mês atrás dei entrada no seguro desemprego chegando lá falaram que havia uma multa para eu pagar de 601,21 se caso não pagasse irá me prejudicar paguei a multa eles pediram para retonar após dez dia ao pagamento chegando lá me vieram com o relatório do ministerio do trabalho alegando que não tem direito ao seguro por ser sócia de uma firma que esta desativada sendo que em dois mil e seis recebi seguro venho aqui fazer o requerimento pois não possuo renda própria a firma esta desativada desde de dois mil e seis e estou desempregada espero que estejam verificando o meu processo novamente e liberando assim o meu seguro pois não devo nada a justiça do trabalho desde já grata.

    Reply
  25. Guilherme

    Era sócio em uma empresa em 2005 , em 2011 transferiu minha parte, dei entrada no seguro recebi duas parcelas a terceira seria dia 14/11 mas foi suspensa acusando renda própria por parte dakela empresa.
    O q eu faço?

    Reply
  26. Maria Cristina

    Tabela Parcela á Receber X Tempo de Desemprego
    1 parcela, se ficou desempregado de 30 á 44 dias
    2 parcelas, se ficou desempregado de 45 á 74 dias
    3 parcelas, se ficou desempregado de 75 á 104 dias
    4 parcelas, se ficou desempregado de 105 á 134 dias e tinha direito a 44 ou 5 parcelas
    5 parcelas,se ficou desempregado a partir de 135 dias e tinha direito a 5 parcelas.

    Tempo de desemprego a contar á partir da data de demissão.
    Portanto exemplo:se uma pessoa está á 100 dias desempregada a contar da data de demissão, ela já tem o direito de ganhar 3 parcelas, independente de já estar trabalhando.

    Reply
  27. Vinicius

    Olá. Gostaria da sua ajuda.recebi a primeira parcela,e quando fui receber a segunda parcela descobri que foi cancelado por motivo que eu nem sabia que tinha em meu nome um cnpj de 1999. Agora não sei o que fazer.

    Reply
  28. Natasha

    O meu seguro foi cancelado porque tenho um restaurante no meu nome, mas desde 2012 não tem movimentação desta empresa e agora o MTE quer que eu devolva as 4 parcelas. Neste caso, que ainda estou desempregada e o meu nome na empresa foi colocado somente para o papel mesmo, o que acontece se eu não devolver estas parcelas? E como faço para desbloquearem a parcela que bloquearam. Já fui no MTE e só me passaram o motivo. Não sabem me orientar.

    Reply
    1. Antonio Carlos Polato

      Estou com a mesma situação na minha família , com meu filho que tem o nome como sócio de uma pizzaria , mas a mesma está desativada, pois outro filho meu que era o dono resolveu para com atividade. Agora meu filho teve o seguro cancelado e ja recebeu uma parcela e tem que devolver a parcela. A duvida é a mesma acima. O que fazer??

      Reply
  29. atila jose

    Bom dia!
    Está acontecendo uma situação surreal, o governo incentivou milhares de trabalhdores a abrir empresas, só que a maioria que abriu, não conseguiu gerar renda e com isso voltou para o mercado de trabalho CLT, só que para espanto de quem vai dá entrada no seguro desemprego, ao dá entrada vem uma notificação de ser sócio ou possuir renda própria. Que renda? se a maioria das pessoas que estão dando entrada no seguro desemprego, se encontra com a empresa sem faturamento e sem poder receber o devido seguro que é um direito do cidadão. Isso é uma vergonha!!!!!!!!!

    Reply
  30. Vitória

    Estou com o mesmo problema do sócio. Liguei para MTE e informaram que preciso declaração de inatividade da empresa para poder pedir recurso. Contudo, a empresa funcionou até junho e depois parou de ter rendimento. Nisso quando fui demitida em outubro, esta sem rendimento. E eu nem recebi primeira parcela. E o pior que o meu caso também foi empresa só no papel

    Reply
  31. beatriz

    Ja meu caso ,eu ja estava recebendo as parcelas do seguro ,quando foi última parcela nao foi depositada,e eu não sei como vou fazer?….

    Reply
  32. ANDRE DUARTE

    Porque que para entrar no site (sdsegurodesemprego…) eu preciso “continuar nesse site (nao recomendado”. Tambem na opção consultar requerimento tambem nao consigo imprimir o requerimento. Até aparece em baixo os dados do requerimento, mas quando eu clico em “imprimir requerimentos” volta para uma outra pagina igual a de consultar o requerimento. alguem me sabe por que?

    Reply
  33. ELCIVANIA VIEIRA - NATAL/RN

    Também estou com esse mesmo problema, em 1998 abriram uma empresa em meu nome e essa empresa só funcionou 1 ano e não deram baixa e já recebi seguro desemprego outra vez e deu certo, só que recentemente dei entrada no seguro e recebi 3 parcelas, quando foi para receber a 4ª parcela tive o desprazer de ver que meu seguro estava cancelado e era p devolver as parcelas recebidas, por causa dessa empresa, fui orientada a agendar no MTE e levar as comprovaçoes de que essa Empresa está inativa e fazer a defesa junto ao órgão, irei dia 28/12 e informarei qual o procedimento correto a tomar e se Deus quiser vai dar tudo certo.

    Reply
  34. Almiro Binato

    É o governo nos ferrando mesmo, também fui sócio de uma empresa de 1998 até 2003, ou seja, não sou sócio a 13 anos atrás e fui tirar meu seguro desemprego e disseram que eu tinha empresa, como podem falar uma coisa que não sou, um sistema lixo que consulta apenas para benefício deles, não sei qual o recurso que tenho que entrar, pedem mil papeladas e cópias, no sistema da JUCESP consta que não sou sócio e no da Receita consta que tenho empresa, como podem me bloquear sem eles consultarem o órgão correto de registros e complicam ao máximo para conseguir pegar, se alguém tiver o caminho das pedras para ajudar eu agradeço de coração, estou desempregado e tenho trigêmeos, mulher e cachorro pra sustentar, obrigado.

    Reply
  35. daniel

    Ola pessoas estou com mesmo problema canselarão minhas parcelas do seguro desemprego mas recebi a primeira parcelas entrei com recurso para receber as outras 4 parcelas motivo do canselamento cnpj ativo mas está negativo des dia 03 06 2013 ja fui no ministerio do trabalho e na receta federal nem eles sabe o motivo do canselamento porque la nada consta para eles Dia 19 01 2016 completa 60 dias irei na CAIXA ECONOMICA.

    Reply
  36. Jones

    Aconteceu comigo também,fui até a Receita Federal para pedir uma DECLARAÇÃO DE INATIVO e provar que a Empresa esta parada, como tenho alguns débitos com a Receita não foi liberada,somente quando eu quitar meus débitos.moral da historia,
    “Se eu tivesse dinheiro para pagar meus débitos porque iria precisar de Seguro Desemprego”

    Reply
  37. ELCIVANIA VIEIRA

    Bom dia!
    Fui ao MTE e pediram para eu levar uma DECLARAÇÃO SIMPLIFICADA DE INATIVIDADE 2016, já estou com ela em mãos esperando a data do agendamento 25/02/2016, segundo a moça do MTE no prazo de 10 a 15 dias com a apresentação dessa declaração as parcelas serão liberadas, se Deus quiser vai dar certo, ou estou ferrada. Levei um monte de papel que pediram e nem se quiser a moça quis olhar, disse q só bastava essa declaração.

    Reply
  38. ELCIVANIA VIEIRA

    Jone, eles não explicam direito e não tem nenhuma vontade em resolver os problemas de quem precisa, minha sorte foi um amigo que mim orientou, poiss essa empresa que consta meu nome também tem muitos débitos, mas a Receita libera a DECLARAÇÃO, só que tem que um contador informar uma declaração de inatividade, tenho um amigo contador e ele fez isso para mim, foi rapidinho e a declaração já sai na hora é só imprimir. Vê se consegue alguém para fazer para você. Boa sorte!

    Reply
  39. Henrique

    Bom dia minha mulher estava no seguro fez um extra em u.a empresa temporária depositário má conta dela 60 reais e ela perdeu o seguro de 540 …
    Hoje eu estou no seguro porém a empresa deixou de pagar minha reciclagem vindo eu a pagar do meu bolso …a empresa reembolso 380 a dúvida e …como foi depositado em conta meu seguro será bloquiado ??

    Reply
  40. Adriana

    Elcivania, também estou na mesma situação. Por favor, nos mantenha informado sobre seu andamento junto aos órgãos responsáveis. Grata

    Reply
  41. ELCIVANIA VIEIRA

    Pode deixar Adriana, dia 25/01 irei ao MTE com a declaração solicitada por eles e trago novidades, espero que boas novas.

    Reply
  42. ELCIVANIA VIEIRA

    Bom dia gente!

    Fui ontem ao MTE para o agendamento e foi uma decepção, pois levei a declaração que pediram e quando apresentei, mim deparei com outra informação, que já mudou tudo e o Governo não está mais aceitando nenhum tipo de declaração, ou seja tenho que dar baixa da Empresa para poder ter direito ao seguro futuramente, esse eu já perdi. Fiquei arrasada.

    Reply
  43. wellington

    bom dia fui demitido mais quero arrumar outro emprego mais nao quero pede o seguro eu posso suspender e eu consigo receber depois

    Reply
    1. Admin Post author

      Se não solicitou não pode cancelar, pode arranjar outro emprego, pois se for a primeira solicitação tem o período minimo de 12 meses dentro de 18 meses para ter direito.

      Reply
  44. marcio

    tava recebendo seguro minha ultima parcela sai dia 06/02/2016 já estou trabalhando desde 27/01/2016 ainda recebo a parcela desde mês 02 si não minha contas atrasa ai e foda como vou pagar aluguel

    Reply
    1. Madson Expedito

      para o primeiro pedido são necessários 12 meses trabalhados nos últimos 18 meses
      para o segundo pedido são necessários 9 meses trabalhados nos últimos 12 meses
      para o terceiro em diante, são necessários 6 meses trabalhados
      lembrando que se recebeu seguro desemprego nos últimos 16 meses não poderá receber o seguro

      Reply
  45. [email protected]

    Boa noite gente si eu assinar a carteira no início do mês imediatamente o seguro e cancelado.

    Reply
  46. Ricardo

    Eu dei entrada no seguro desemprego e fui informado que era socio de uma empresa e mandou eu ir na receita peara fazer a declaracao de inatividade e na receita tem um informativo informando que com a declaracao resolveria,chego no ministerio do trabalho nao consigo pois fui informado wue nao esta aceitando mais,resumindo vou ficar sem seguro por ma informacao dos orgaos

    Reply
  47. Mario

    isso é absurdo meu amigo, que país é esse onde uns consegue receber o seguro desemprego trabalhando e os mais necessitado do dinheiro não.

    Reply
  48. Helcio

    BOA TARDE
    Tive a ultima parcela do meu seguro cancelada, em virtude de ser sócio de uma empresa, cuja qual esta inativa desde 2007. Fui ao ministério do trabalho, e fiz uma defesa, que infelizmente foi indeferida. Então amanha estou indo na defensoria publica federal, para abrir um outro processo, na esperança de reaver minha parcela. Sugiro que, quem esteja na mesma situação, procure o a Defensoria publica.

    Reply
  49. ELCIVANIA VIEIRA

    Bom dia, gente!!

    Alguém tem alguma novidade em relação ao cancelamento do seguro desemprego onde o CPF estava vinculado ao CNPJ? Alguém obteve sucesso?

    Um abraço!

    Reply
    1. Madson Expedito

      Na maioria dos casos o trabalhador fica impossibilitado de receber o seguro desemprego caso tenha empresa aberta no nome. Se for possível comprovar que a empresa não movimenta mais nada, o trabalhador poderá ir na justiça do trabalho com os documentos que comprovem, para poder ser liberado o seguro.

      Reply
  50. Hélio

    Estou para receber a ultima parcela do Seguro dia 15, é vi uma proposta de emprego freelance de 4 dias ,começando no dia 13, será que posso me candidatar ou irei perder a ultima parcela.

    Reply
  51. Marcos

    Oi b.dia estou com um problema com o meu seguro tbem pois foi dado entrada e consegui receber a primeira parcela ,mas quando fui receber a segunda fui informado q estava bloqueado por problemas no CPF fui encaminhado para o ministério do trabalho q por sua vez me encaminhou para a caixa econômica me informando q o bloqueio saiu dele ….já estou na quarta parcela e n consigo receber e nem resolver por favor me ajude…

    Reply
  52. Bruna

    Por conta de ser demitida sem homologar tive que entrar com ação judicial. Mas a justiça ficou em greve e só agora estou recebendo meu seguro desemprego referente ao ano passado. Se eu ingressar num novo trabalho agora será que cortam o benefício? Pois é referente aos meses que fiquei desempregada o ano passado..

    Reply
  53. Jessyka Pereira

    o seguro do meu esposo pela segunda vez é negado segundo, diz que o salario é insuficiente, na verdade também não entendo.

    Reply
  54. RONALDO

    bom dia.
    estou empregado em uma empresa em um carga de analista.
    e tbm tenho um contrato é a prestação de serviços para mesma empresa ( Responsável Técnico ).
    se eu for demitido do carga de analista, vou ter direito a seguro desemprego?

    Reply

Deixe uma resposta