Seguro Educacional: O que é e como funciona

      Nenhum comentário em Seguro Educacional: O que é e como funciona

Seguro Educacional: O que é e como funciona – O seguro educacional é algo que os pais de um estudante ou ele mesmo podem contratar para assegurar o pagamento das mensalidades e a manutenção dos seus estudos mesmo no caso de dificuldade ou problemas de emprego.

Vamos falar mais sobre o seguro educacional, o que ele pode fazer pela sua vida acadêmica e o quanto ele pode ajudar você ou alguém que você se importa a completar seus estudos mesmo se acontecer algum imprevisto.

Seguro Educacional

 

O que é o seguro educacional

O seguro educacional é um tipo de seguro diferenciado, feito especialmente para quem deseja garantir a continuação dos pagamentos de uma escola particular, seja de ensino básico, médio ou superior, ou ainda de um curso livre. Algumas instituições fornecem seus próprios seguros, em alguns casos você terá de fazê-lo com uma seguradora.

Como funciona

É importante entender que o seguro educacional, como qualquer outro, tem uma série de questões contratuais, como a chamada carência, que significa que, além de comprovar estabilidade financeira para aderir ao seguro, ainda terá de fazer pelo menos 12 pagamentos antes de poder usufruir da garantia que ele oferece (cada contrato tem uma carência diferente, que pode variar entre 12 e 18 meses).

Outras despesas que podem ser cobertas pelo seguro educacional, de acordo com o interesse e a apólice, são coberturas para outros gastos relacionados como transporte e material escolar.

Parceria escola x seguradora

Além disso, existe sempre a chance de uma parceria entre a escola e a seguradora, para que a turma toda possa aderir a um único contrato de seguro coletivo e consiga, dessa forma, melhores valores para um seguro educacional.

O que pode ser incluso em um seguro educacional?

O seguro educacional pode ter uma série de coberturas adicionais, que fazem com que ele fique mais caro, mas ao mesmo tempo ofereça um serviço cada vez mais completo. Essas coberturas adicionais precisam ser negociadas individualmente e aumentam o valor final do seguro:

  • Pagamento de 3 a 4 meses de valores de mensalidades no caso do responsável ficar desemprego.
  • Assistência média 24 horas por dia durante o período letivo (especialmente recomendada para quem tem filhos estudando em outro estado).
  • Cobertura da formatura no caso de não utilização do seguro durante determinado período. Essa é uma cláusula que pode ser variada, então é necessário verificar como ela funcionada em cada contrato específico.
  • Pecúlio, além do pagamento das mensalidades, no caso de morte do responsável financeiro do contrato.

Observações

Sempre tenha em mente que esse tipo de contrato tem detalhes como a chamada carência, onde o contrato ainda não é válido e dentro desse período, então é indispensável verificar exatamente qual o período em que o contrato do seguro educacional começa a valer.

Outro ponto indispensável é a possibilidade dessas coberturas adicionais serem conseguidas gratuitamente como parte da adesão de mais pessoas dentro do seguro educacional. Esse tipo de campanha de indicação é feita geralmente em grandes escolas e faculdade, como uma opção para quando a parceria direta com a instituição não foi possível por qualquer motivo.

Não perca a chance de continuar estudando com a ajuda do seguro educacional. Entre em contato com a sua seguradora ou com a sua instituição de ensino e verifique as suas opções.

Deixe uma resposta