Parcelas Seguro Desemprego 2019?

Em tempos em que o desemprego cresce no país, o seguro desemprego garante aos trabalhadores condições de subsistência.  Tire suas dúvidas a seguir e se informe parcelas seguro desemprego 2019.

O seguro desemprego é um benefício concedido aos trabalhadores que perderam seus empregos sem justa causa, como uma forma de auxilia-los no processo de reinserção no mercado de trabalho.

Este benefício é instituído por lei e possui um período de duração pré-determinado, de acordo com o histórico trabalhista do solicitante.

Mas afinal como serão pagas as parcelas do Seguro Desemprego em 2019? Algo mudou? Tire todas as suas dúvidas sobre o tema a seguir!

Muda algo nas regras do seguro desemprego 2019?

Em relação aos valores e o número de parcelas não houve alterações recentes no seguro desemprego 2019, entretanto, alguns requisitos foram adicionados, os quais:

  • O trabalhador solicitante do benefício não pode ser sócio ou ter participação em empresa jurídica ativa; e
  • Para ser concedido o benefício, o trabalhador deve respeitar o período mínimo de 16 meses entre as solicitações.

Porém, vale lembrar que as inúmeras irregularidades no recebimento deste benefício fez com que as autoridades voltassem atenção para a identificação de fraudes e pedidos mal intencionados.

Quantidade de parcelas do seguro desemprego 2019

As quantidades de parcelas a serem recebidos no seguro desemprego 2019 variam conforme o histórico do trabalhador e em função do número de solicitações, conforme a seguir:

  • São pagas 3 parcelas para os indivíduos que trabalharam entre 6 e 11 meses e farão o pedido pela 3º vez;
  • São pagas 4 parcelas para os indivíduos que trabalharam entre 18 e 23 meses e farão o pedido pela 1º vez, para aqueles que trabalharam entre 12 a 23 meses e farão o pedido pela 2º ou 3º vez;
  • São pagas 5 parcelas para os indivíduos que trabalharam por no mínimo 24 meses e farão o pedido pela 2º ou 3º vez.

Houve também uma alteração no período mínimo trabalhado para solicitar o beneficio, anterior a esta, era necessário ter trabalhado apenas 6 meses em qualquer situação. Atualmente, seguem-se as seguintes regras:
Primeira solicitação: ter trabalhado por no mínimo 18 meses;
Segunda solicitação: ter trabalhado por no mínimo 12 meses;
Terceira solicitação:
ter trabalhado por no mínimo 6 meses.

Parcelas Seguro Desemprego 2019

Valor das parcelas do seguro desemprego 2019

O valor das parcelas do desemprego varia em função do salário do trabalhador, via de regra, utiliza-se a média dos três últimos salários recebidos.

Entretanto, há profissões que possuem um salário mínimo como valor fixado, como é caso dos pescadores e das domésticas, por exemplo.

Como fazer o cálculo do seguro desemprego

Para fazer o cálculo de seu seguro desemprego, siga os seguintes passos:

  1. Tenha em mãos sua carteira de trabalho ou folhas de pagamento;
  2. Some os três últimos salários recebidos;
  3. Divida o valor obtido acima por três;
  4. O resultado é o valor que irá receber em cada parcela do benefício (passível de alterações).

Como solicitar o seguro desemprego pela internet

Recentemente o Ministério do Trabalho em parceria com o Dataprev lançou o Seguro Desemprego 100% Web, uma ferramenta que pretende otimizar os processos e reduzir custos.

Com o Seguro Desemprego 100% Web, o trabalhador pode o beneficio online de forma segura e rápida. Para tanto, basta seguir os seguintes passos:

  • Separe os documentos (RG, CPF e Carteira de Trabalho);
  • Acesse o Portal Emprega Brasil, disponível aqui;
  • Crie um login (CPF e senha);
  • Preencha corretamente as informações pessoais solicitadas;
  • Insira seus dados laborais;
  • Verifique a caixa de entrada de seu e-mail, nela deverá conter uma senha provisória enviada pelo Portal Emprega Brasil;
  • Com a senha enviada, acesse novamente o Portal Emprega Brasil;
  • Altere a senha;
  • Clique em “Solicitar Seguro Desemprego”;
  • Informe o número de requerimento de dispensa (comunicado cedido pela empresa);
  • Confirme os dados;
  • Atualize as informações que tenham erros;
  • Insira sua formação e qualificação profissional;
  • Insira sua experiência;
  • Informe seus objetivos profissionais;
  • Pesquise vagas e cursos disponíveis para sua região;
  • Caso haja vagas, é necessário escolher ao menos um processo seletivo (será enviado via e-mail uma Carta de Apresentação a ser entregue no momento da entrevista);
  • Confirme a solicitação do Seguro Desemprego.

parcelas do seguro desemprego

Após seguir os passos acima mencionados, o pedido passará por uma análise prévia antes da aprovação do benefício e o trabalhador será comunicado se houver a necessidade de comparecimento a um posto de atendimento.

Quem tem direito ao seguro desemprego 2019

Contudo, quem tem direito ao seguro desemprego é o trabalhador que atende aos seguintes pré-requisitos:

  • Ser trabalhador formal e doméstico e ter sido dispensado sem justa causa (inclui os casos de dispensa indireta);
  • Ser trabalhador dispensado temporariamente em virtude de participação em curso ou programa de qualificação profissional cedido pelo empregador;
  • Pescador artesanal durante o período de proibição da pesca;
  • Ser trabalhador resgatado de condições análogas a escravidão.
Parcelas Seguro Desemprego 2019?
Se gostou do post, vote!




Deixe uma resposta