Classificação Brasileira de Ocupações CBO: o que é, para que serve

O CBO (Classificação Brasileira de Ocupações) é um termo bem comum no meio empresarial.

Mas você sabe do que se trata essa sigla? Neste artigo iremos tirar todas as suas dúvidas sobre o CBO!

CBO: Classificação Brasileira de Ocupações, o que é?

A Classificação Brasileira de Ocupações (CBO) é um documento que traz todas as informações da realidade das profissões do mercado de trabalho brasileiro.

O CBO foi instituído pela Portaria n° 397, de 10 de outubro de 2002, mas sua criação advém de 1977, quando o Brasil se baseou na Classificação internacional Uniforme de Ocupações (CIUO), que por sua vez foi desenvolvida pela Organização Internacional do Trabalho (OIT).

Com o dinamismo do mercado brasileiro, a lista está em constante evolução e atualização, para representar com fidelidade os fatos empresariais, não diferenciando se o profissional é regulamentado ou autônomo.

Para que serve a classificação brasileira de ocupações

A Classificação Brasileira de Ocupações é utilizada para classificar as mais diversas profissões que estão presentes no Brasil.

Isso serve para a correta utilização da legislação sobre essas profissões, bem como para apresentar dados estatísticos do cenário nacional de trabalho.

Com essas informações, os órgãos competentes também podem desenvolver políticas de melhorias dos empregos, melhorando aspectos das profissões, como salários e condições de serviço.

Todo trabalhador regulamentado no Brasil, ao visualizar sua Carteira de Trabalho poderá ver o CBO de sua função. Isso serve também para o correto recolhimento dos tributos trabalhistas sobre a função.

Classificação Brasileira de Ocupações CBO

Qual a importância da CBO

O CBO tem profunda importância no cotidiano do país. Como já exposto, é através do CBO que é possível fazer o levantamento das profissões no país.

Esses levantamentos trazem índices fundamentais para a manutenção das políticas trabalhistas, pois com os dados, o Governo pode tomar decisões para a melhoria e incentivo ao trabalho.

Através do CBO, também é possível a fiscalização das profissões, verificando se os encargos trabalhistas são devidamente recolhidos.

Como obter a CBO

A CBO poderá ser obtida através do próprio site oficial da Classificação Brasileira de Ocupações.

Neste site, poderá ser feita pesquisas de palavras-chaves, bem como pesquisas diretas na base do CBO.

Classificação Brasileira de Ocupações

Abaixo, iremos trazer alguns dos CBOs mais comuns como exemplos, com algumas informações úteis.

CBO de serviços gerais

Por ser um termo muito genérico, o CBO tenta ao máximo refinar a busca e nos apresenta alguns resultados interessantes para o termo “serviços gerais”.

Os Que foram apresentados são:

  • Auxiliar de serviços gerais – na confecção de roupas – 7631-25
  • Chefe de seção de serviços gerais – exclusive no serviço público – 4101-05
  • Empregado doméstico nos serviços gerais – 5121-05
  • Oficial de serviços gerais na manutenção de edificações – 5143-25
  • Servente de serviços gerais na conservação de vias permanentes (exceto trilhos) – 9922-25
  • Supervisor de seção de serviços gerais – 4101-05

A ocorrência de tantos resultados é por conta da alta classificação da função. O CBO tenta ao máximo encontrar a correta função que o trabalhador exerce.

Aproveite e saiba mais:

CBO de auxiliar administrativo

No caso de auxiliar administrativo, também ocorre a mesma situação, com os seguintes resultados:

  • Agentes, assistentes e auxiliares administrativos – 4110
  • Auxiliar administrativo – 4110-05
  • Auxiliar administrativo bilíngue – 2523-10
  • Auxiliar administrativo de diretoria – 2523-05
  • Auxiliar administrativo de presidência – 2523-05
  • Auxiliar administrativo trilíngue – 2523-15

Isso porque existem diversos níveis de auxiliar administrativo. Conforme a especialização, altera-se então o CBO, para melhor enquadrar e representar a realidade, trazendo mais segurança aos relatórios estatísticos.

Classificação Brasileira de Ocupações empregada doméstica

O termo empregada doméstica não ocorre na pesquisa do CBO.

Alguns sinônimos que podem representar essa função são:

  • Empregado doméstico diarista – 5121-20
  • Empregado doméstico arrumador – 5121-10
  • Empregado doméstico faxineiro – 5121-15
  • Empregado domésticos nos serviços gerais – 5121-05

Essa divisão acontece, pois, há várias funções que uma empregada doméstica pode desempenhar e a principal deve ser a constante do CBO deste profissional.

Como fazer a consulta da Classificação Brasileira de Ocupações

O CBO poderá ser consultado a partir do site oficial de buscas do CBO. O site poderá ser acessado através deste link.

Neste site, será apresentado uma caixa de pesquisa para que a consulta seja realizada. Nesta caixa, é só digitar a palavra-chave da profissão para se obter o número do CBO.

Caso a profissão não seja encontrada de primeira, pode-se utilizar filtragens para refinar os resultados. Além disso, há dicas de consulta em um link acima da caixa de pesquisa.

O mais indicado é que se tenha a orientação de um profissional para a correta classificação do CBO, como um contador por exemplo.

A Classificação Brasileira de Ocupações é um grande marco trabalhista no Brasil. Através desta classificação, é possível se obter estatísticas do mercado de trabalho nacional. Desta forma, o Governo pode tomar decisões que visam favorecer e fortalecer o mercado de trabalho, como incentivos e benefícios.

Classificação Brasileira de Ocupações CBO: o que é, para que serve
5 (100%) 1 vote[s]




Deixe uma resposta