Reajuste do Seguro Desemprego-Tire suas dúvidas

Saiba que o Reajuste do Seguro Desemprego das parcelas do seguro desemprego foi divulgado pelo Ministério do Trabalho no dia 11 de janeiro de 2019, levando em consideração o novo valor do salário minimo 2019 que é de 998,00 e o INPC –  Índice Nacional de Preços ao Consumidor de 2018. Veja quais os valores das parcelas.

O Reajuste do Seguro Desemprego 2019 é de 3,43%, um aumento real de R$ 57,55. O maior valor pago nas parcelas será de R$ 1.735,29 e o menor de R$ 998,00.

Confira aqui a tabela com os valores.

Reajuste do Seguro Desemprego – Tire suas dúvidas

O Reajuste do Seguro Desemprego varia entre o minimo de R$ 998,00 até o máximo de R$ 1.735,29. Abaixo tire todas as dúvidas sobre o Reajuste do Seguro Desemprego .

Reajuste do Seguro Desemprego

Qual o valor do seguro desemprego

O beneficio é pago conforme a média salarial dos últimos três meses de trabalho, caso não tenha 3 meses no minimo é usado o ultimo mês, em todo caso pegasse uma média, seja de 1 a 3 meses. O valor não pode ser inferior ao salário minimo atual que é de 998, e o valor máximo não pode ultrapassar o equivalente a R$ 1.735,29

  • Média salarial até R$ 1.531,02 – 80% da média dos três salários ou o salário mínimo
  • Média salarial R$ 1.531,03 a R$ 2.551,96 – É pago 50% do que exceder R$ 1.531,02 somado a R$ 1.224,82
  • Média salarial acima de R$ 2.551,96 – R$ 1.735,29

Quem vai receber as parcelas do seguro desemprego reajustadas?

Todos os trabalhadores com parcelas com data de vencimento a partir de 11 de janeiro de 2019.

TABELA SEGURO DESEMPREGO 2019

Quem já tinha recebido o seguro desemprego antes do dia 11, como fica?

A lei dispõe que todos os trabalhadores que já tinham recebido parcelas até o dia 10, recebem com valor do mês anterior.

E quem foi sacar o benefício depois do dia 11, porém recebeu com o valor antigo, poderá reaver a diferença depois?

Quem tinha a data de pagamento prevista a partir do dia 11 já recebeu o valor reajustado.

Quem foi sacar no dia 11, porém tinha a data de pagamento prevista até o dia 10, recebeu com o valor antigo e não terá mais nenhuma diferença a receber. A partir do mês que vem, a parcela virá reajustada para todos os trabalhadores.

Como será o pagamento do seguro desemprego reajustado. Todas as pessoas que têm valores a receber esse mês já podem procurar um banco?

Para evitar desconforto para os trabalhadores e adequar a demanda a capacidade de atendimento das agências bancárias, o Ministério do Trabalho fez um calendário de pagamentos para quem tem parcelas a receber entre os dias depois da divulgação da tabela no mês de janeiro. O escalonamento tem como critério o número do PIS, conforme tabela abaixo:

 

O beneficio pode ser recebido dia de sábado?

Os trabalhadores que possuem conta social ou poupança na Caixa terão o valor creditado diretamente na conta. Aqueles que possuem Cartão Cidadão com senha registrada, poderão sacar o benefício em uma lotérica. Quem não tiver nenhuma dessas opções citadas, poderá fazer o saque normalmente em uma agência física no próximo dia útil.

E no próximo mês, como ficam as datas de pagamento?

Voltam ao normal. Os trabalhadores deverão fazer os saques conforme cronograma recebido no ato do encaminhamento do seguro-desemprego.

Se o salário mínimo foi reajustado a partir de 1º de janeiro, porque só recebem o valor reajustado as pessoas com parcelas vencidas a partir do dia 11?

A legislação brasileira determina que as correções do Seguro-Desemprego sejam aplicadas aos benefícios disponibilizados após o dia 10. A norma está descrita na Lei nº 7.998, de 11 de janeiro de 1990 (artigo art. 5º, § 3º, incisos I e II). No intervalo que vai de 1º a 10, devem ser aplicados os valores do mês anterior, conforme consta na Resolução Codefat nº 707, de 10 de janeiro de 2013, detalha o procedimento de reajuste anual e sua aplicação aos pagamentos.

O valor do seguro-desemprego se aplica a outros benefícios do governo ou apenas a trabalhadores demitidos sem justa causa?

Ele se aplica aos trabalhadores demitidos sem justa causa e também a pescadores artesanais em período do defeso, trabalhadores resgatados em condições análogas à de escravo e profissionais com contratos de trabalho suspenso (lay-off).

Como é feito o cálculo do seguro desemprego?

O cálculo do seguro-desemprego considera a variação do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), calculado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e divulgado no dia 10 de janeiro. A variação do INPC tem como base os 12 meses de 2018.

Calcula-se o valor do salário médio dos últimos três meses anteriores a dispensa e aplica-se na fórmula abaixo:

tabela seguro desemprego 2019

O calculo é simples para fazer, basta levar em consideração as faixas de valor da tabela acima. Com este reajuste do seguro desemprego de 3,47 ou em valor real um aumento de 57,55 (cinquenta e sete reais e cinquenta e cinco centavos) em relação ao reajuste do ano passado. Confira aqui como calcular o seguro desemprego

Ficou alguma dúvida sobre o seguro desemprego? Deixe aqui sua opinião.

 

Reajuste do Seguro Desemprego-Tire suas dúvidas
3.6 (72%) 5 vote[s]




Deixe uma resposta