Como não perder o seguro desemprego: aviso prévio trabalhado e indenizado

Como não perder o seguro desemprego?

Se você foi demitido sem justa causa, tem direito ao seguro desemprego, que foi criado em 1990 para assegurar assistência financeira ao trabalhador demitido sem justa causa enquanto ele está à procura de outro, mas as parcelas são de no máximo 5.

Muitos trabalhadores por falta de informação acabam perdendo este direito, outros perdem porque assim que é demito logo conseguem outro emprego. Vamos aqui falar como não perder o direito ao seguro desemprego no caso de aviso prévio trabalhado e indenizado.

Seguro desemprego

Se for demitido e não sabe o que fazer, qual prazo para dar entrada no seguro desemprego saiba que tem 120 dias a contar da data subsequente ao dia da dispensa para requerer o beneficio. Os trabalhadores devem estar atentos que a contagem do prazo para pedir o seguro desemprego começa a partir da data da dispensa, ou seja, a data do último dia trabalhado e não da data de baixa na carteira de trabalho.

Caso o trabalhador cumpra o aviso prévio trabalhando ou se o aviso for indenizado, na data da baixa da carteira estas datas serão iguais, mas para efeito de contagem do seguro desemprego o que vale é  data da dispensa que pode ser igual a data da saída da carteira caso o aviso prévio seja trabalhado ou diferente se indenizado, vamos ao exemplo:

O Trabalhador foi demitido com aviso prévio indenizado (30 dias) dia 23/06/2013 a data que consta na carteira de trabalho é de 23/07/2013, mas a que vale para solicitar o seguro desemprego é  23/06/2013, mas se for aviso prévio trabalhado (30 dias) tanto a data de dispensa quanto a data na carteira será mesma será o mesmo.

Por isso é importante solicitar imediatamente o seguro desemprego, se ao ser demitido seu aviso prévio é indenizado deve contar a partir da data da dispensa, do último dia efetivamente trabalhado, caso conte apenas da data de saída da empresa e se esperar 30 dias para solicitar e conseguir um novo emprego por um período determinado ou por experiência durante 90 dias ele não terá direito ao seguro desemprego.

Portanto é essencial que o trabalhador sendo demitido dê logo entrada no seguro desemprego e fique atento a data de saída e de dispensa da empresa caso não seja as mesmas.

Veja também:

Curta também nossa fan page para mais informações.

153 Comments

Deixe uma resposta