Como não perder o seguro desemprego: aviso prévio trabalhado e indenizado

Como não perder o seguro desemprego?

Se você foi demitido sem justa causa, tem direito ao seguro desemprego, que foi criado em 1990 para assegurar assistência financeira ao trabalhador demitido sem justa causa enquanto ele está à procura de outro, mas as parcelas são de no máximo 5.

Muitos trabalhadores por falta de informação acabam perdendo este direito, outros perdem porque assim que é demito logo conseguem outro emprego. Vamos aqui falar como não perder o direito ao seguro desemprego no caso de aviso prévio trabalhado e indenizado.

Seguro desemprego

Se for demitido e não sabe o que fazer, qual prazo para dar entrada no seguro desemprego saiba que tem 120 dias a contar da data subsequente ao dia da dispensa para requerer o beneficio. Os trabalhadores devem estar atentos que a contagem do prazo para pedir o seguro desemprego começa a partir da data da dispensa, ou seja, a data do último dia trabalhado e não da data de baixa na carteira de trabalho.

Caso o trabalhador cumpra o aviso prévio trabalhando ou se o aviso for indenizado, na data da baixa da carteira estas datas serão iguais, mas para efeito de contagem do seguro desemprego o que vale é  data da dispensa que pode ser igual a data da saída da carteira caso o aviso prévio seja trabalhado ou diferente se indenizado, vamos ao exemplo:

O Trabalhador foi demitido com aviso prévio indenizado (30 dias) dia 23/06/2013 a data que consta na carteira de trabalho é de 23/07/2013, mas a que vale para solicitar o seguro desemprego é  23/06/2013, mas se for aviso prévio trabalhado (30 dias) tanto a data de dispensa quanto a data na carteira será mesma será o mesmo.

Por isso é importante solicitar imediatamente o seguro desemprego, se ao ser demitido seu aviso prévio é indenizado deve contar a partir da data da dispensa, do último dia efetivamente trabalhado, caso conte apenas da data de saída da empresa e se esperar 30 dias para solicitar e conseguir um novo emprego por um período determinado ou por experiência durante 90 dias ele não terá direito ao seguro desemprego.

Portanto é essencial que o trabalhador sendo demitido dê logo entrada no seguro desemprego e fique atento a data de saída e de dispensa da empresa caso não seja as mesmas.

Veja também:

Curta também nossa fan page para mais informações.

59 comentários sobre “Como não perder o seguro desemprego: aviso prévio trabalhado e indenizado

  1. hudson
    17 de outubro de 2013 em 20:18

    Olá, Parabéns pela iniciativa esclarecedora. Tenho uma dúvida, Caso o trabalhador, ao ser demitido sem justa causa, já seja admitido no mesmo mês da demissão em um novo emprego, e na experiência ele ser demitido, também sem justa causa, ele poderá solicitar o seguro desemprego?

    1. 29 de outubro de 2013 em 21:09

      Desde que o prazo não ultrapasse 120 dias da primeira demissão.

      1. cristiane
        30 de outubro de 2013 em 13:34

        olá eu fui demitida de uma empresa e não dei entrada no seguro pois comecei a trampa em outra empresa so q fiquei 7 dias e pedia a conta e fui registrada eu queria saber se eu posso receber o seguro mesmo assim da empressa q fui demitida.

        1. Roberta
          12 de novembro de 2013 em 14:35

          Não tem como receber o seguro-desemprego se pediu a conta na última empresa, mas é bom encaminhar o da empresa anterior (a que tinha direito). As parcelas ficarão suspensas e você poderá resgatar se ficar dias em outro emprego e for demitida, mesmo que dentro do contrato de experiência.

      2. 20 de janeiro de 2014 em 11:49

        eu queria tirar duas duvidas urgentes…..Marilúcia eu ja recebi a primeira parcela do seguro-desemprego na cidade onde eu morava em SC e onde requeri o beneficio sem o cartao cidadao,pois nao tinha chegado ainda,mas agora mudei para o RS e ainda nao peguei meu cartao cidadao…tem como eu receber a segunda parcela aki no RS sem o cartao cidadao?
        E eu tenho outra duvida..o dia de eu receber é no domingo,mas estou sem o cartao cidadao e só posso receber com a caixa aberta,,,eu posso receber na segunda feira mesmo sem o cartao?

  2. jessica bambirra norberto
    21 de outubro de 2013 em 21:05

    ola boa noite tenho uma duvida, ja dei entrada no meu seguro desemprego, mais ele volto para o ministerior do trabalho pois tinha 2 numeros de pis cadastrado, oque devo fazer nesse caso pergo o meu direbito..

  3. Elaine Rodrigues
    23 de outubro de 2013 em 17:19

    ola,fui demitida com 5 meses e 18 dias de trabalha,se eu cumprir o aviso previo de 30 dias conta como se eu tivesse trabalhado 6 meses,terei direito ao seguro desemprego

    1. Samara Figueiredo
      26 de outubro de 2013 em 11:37

      Elaine, mesmo com 5 meses e 18 dias voce tera direito a 03 parcelas de seguro. Para o ministerio, superior a 15 dias equivale a 01 mes. Portanto com esse tempo de trabalho, ja esta equivalente aos 6 meses. So da entrada no ministerio do trabalho, por que na Caixa eles nao fazem essa contagem.

    2. Roberta
      12 de novembro de 2013 em 14:38

      Terá direito sim. Isso se não tiver no período aquisitivo, que conta 16 meses da data de saída da empresa do último seguro.

  4. helder
    30 de outubro de 2013 em 12:33

    se eu for demitido em novembro e verdade que a empresa paga o seguro desemprego em dobro…

    1. Roberta
      12 de novembro de 2013 em 14:38

      Esse comentário só pode ser brincadeira…

  5. Andreia Cadenasse
    3 de novembro de 2013 em 15:13

    Peguei seguro desemprego ano passado a ultima parcela em outubro 2012 , fui registrada em março de 2013 e demitida sem justa causa em 01.11.13 com aviso indenizado, terei direito a seguro desemprego…

  6. Agda
    7 de novembro de 2013 em 16:52

    Marilúcia, recebi 4 parcelas do seguro desemprego no ano de 2012, sendo a última parcela em dezembro/2012. Fui contratada em 28/01/2013, estou cumprindo aviso prévio indenizado, que encerrará no dia 22/11/2013, fui mandada embora sem justa causa…Tenho direito a receber parcelas do seguro desemprego novamente?

  7. Agda
    7 de novembro de 2013 em 16:55

    Marilúcia, recebi 4 parcelas do seguro desemprego no ano de 2012, sendo a última parcela em dezembro/2012. Fui contratada em 28/01/2013, estou cumprindo aviso prévio indenizado, que encerrará no dia 22/11/2013, fui mandada embora sem justa causa…Tenho direito a receber parcelas do seguro desemprego novamente?

  8. Aline
    9 de novembro de 2013 em 19:53

    Fui demitida faltando 2 dias para complater 6 meses, tenho direito ao seguro desemprego?

  9. agda
    12 de novembro de 2013 em 14:44

    recebi 4 parcelas do seguro desemprego no ano de 2012, sendo a última parcela em dezembro/2012. Fui contratada em 28/01/2013, estou cumprindo aviso prévio indenizado, que encerrará no dia 22/11/2013, fui mandada embora sem justa causa…Tenho direito a receber parcelas do seguro desemprego novamente? RESPONDA POR FAVOR!

  10. Claudia
    13 de novembro de 2013 em 12:10

    Ola

  11. danyela
    19 de novembro de 2013 em 19:19

    Ola entrei em uma empreza no dia 01/04/2013 so que meu patrao si assinou minha xarteira no dia 01/05/2013 e no dia 13/09/2013 fui demitida e ganhei o aviso previo indenizado meu patrao vai fzer a retificao com a data de 01/04/2013 sera q consigo receber o seguro desemprego

    1. Roberta
      7 de janeiro de 2014 em 12:28

      Boa tarde,
      Tudo depende dos outros vínculos empregatícios nos últimos 36 meses. Mas se for aviso prévio indenizado e ele fizer a retificação, terá direito ao Seguro Desemprego desde que não esteja no período aquisitivo.

  12. Jaqueline Ramos
    21 de novembro de 2013 em 16:00

    Oi. Sai de uma empresa e ja entrei em outra, recebi apenas o FGTS. Fiquei 2 meses nessa outra empresa e fui demitida. tenho direito ao seguro desemprego?

  13. Maria Do Pilar
    21 de novembro de 2013 em 22:40

    fui efetivada em uma empresa 4 de julho 2011, e fui demitida no dia 12 de junho de 2012, recebi 5 parcelas do seguro desemprego, sendo que a ultima foi no mês dezembro 2012.fui admitida em outra empresa no dia 01 de Abril 2013, e fui demitida,no dia 07 de outubro 2013,com o aviso prévio indenizado nesta data dia 07 outubro 2013, e a data da carteira dia 16 de outubro, fui no UAI dar entrada no seguro desemprego, e a atendente me pediu para minha chefe fazer uma ressalva, pq as datas eram diferentes,e na ressalva diz que a data da saida projetada do aviso indenizado no contrato de trabalho é 05 de novembro de 2013.Sendo o ultimo dia trabalhado 07 de outubro de 2013. Gostaria de saber se eu vou ter direito no meu seguro desemprego, Atenciosamente obrigada.

    1. Maria Do Pilar
      22 de novembro de 2013 em 7:56

      Preciso de uma resposta urgente, sera possivel?

  14. Maria Do Pilar
    22 de novembro de 2013 em 8:02

    Como saber se estamos dentro do período de aquisição, conta a partir de qual data?

    1. Roberta
      7 de janeiro de 2014 em 12:49

      Conta a partir da data de saída da empresa anterior, a que você encaminhou o Seguro-Desemprego. Não terá direito ao benefício, pois saiu poucos dias antes. O seu período terminaria lá pelo dia 10 ou 11 de outubro.

  15. 9 de dezembro de 2013 em 11:40

    Ola! Estou desempregada já faz 7 meses, assim que comecei a trabalha no meu ultimo emprego o beneficio foi cortado, e só recebi 2 parcelas, e logo no outo emprego sai na prazo de experiencia de 3 meses, eu posso da a entrado no seguro desemprego novamente?

  16. jhonatan
    5 de janeiro de 2014 em 14:43

    ola, fui demitido dia 17/9/2013 e começei a rebeber o seguro apenas no dia 15/11/2013 e fui admitido no dia 2/1/2014 gostaria de saber se recebo a parcela do dia 15/1/2014 ? grato pela atençao

    1. Roberta
      7 de janeiro de 2014 em 12:52

      Oi Jhonatan,

      Recebe sim, pois o Seguro-Desemprego é referente ao número de dias que o trabalhador ficou desempregado. No seu caso, se as datas informadas estiverem corretas, você receberá 4 parcelas, já que ficou 107 dias desempregado.

      Att,

  17. Rodrigo Frota
    6 de janeiro de 2014 em 20:58

    Boa noite, gostaria de saber se existe a possibilidade de receber o seguro desemprego fora do prazo de 120 dias, pois quando sai da empresa eles disseram que não pagariam o FGTS e tive que ir para a Justiça para poder receber o FGTS. quando fui dar entrada no Seguro fui informado que só poderia dar entrada depois que recebesse o FGTS. Fui demitido em 19.04.13 em 21.08.13 houve a audiência de negociação com a empresa, dia 17.10.13 recebi o FGTS, fiz o primeiro agendamento no PAC em 29.11.13 para ser atendido em 02.12.13 o qual não pude comparecer, foi realizado um novo agendamento em 20.12.13 para ser atendido em 27.12.13, no qual fui informado que não iria mais receber o seguro desemprego pois já havia perdido o prazo, e agora o que fazer? Será que eu ainda consigo receber? Será que posso recorrer sem ter uma justificativa plausível, estou desempregado e precisando muito desse dinheiro, preciso de uma orientação urgente.
    Agradeço antecipadamente

  18. taty
    16 de janeiro de 2014 em 11:53

    ola bom dia! trabalhei 05/07/2013,so que o dia trabalhado foi ate dia 13/12/2013, a carteira data de saida 14/01/ 2013 foi aviso previo idenizado! Eu recebo o seguro deseprego, é a primeira vez de carteira acinada!!

  19. Igo
    22 de janeiro de 2014 em 21:16

    Trabalhei 5 meses e 11 dias tenho direito a seguro desemprego

    1. Roberta
      28 de janeiro de 2014 em 17:23

      Depende dos outros vínculos em sua CTPS. Se este for o primeiro, não tem direito.
      Att

  20. Elaine
    28 de janeiro de 2014 em 16:21

    Boa tarde ah tempos no ramo do DP hoje me deparei com uma situação inusitada e fora do meu conhecimento, fiz a rescisão de uma funcionaria que foi admitida em 01/08/2013 e demitida em 26/12/2013 e foi indenizado o aviso, então 5 meses trabalhados e 1 de aviso indenizado, ela não conseguiu receber foi dito pelo mte que só não conseguiu por ser seu 1° vinculo, a pergunta é qual é esse criterio sendo que outras e inumeras vezes ja fiz assim e receberam? Pode isso alguem sabe esclarecer isso por favor. Obrigada

    1. Roberta
      28 de janeiro de 2014 em 17:22

      Boa tarde,

      Ela não conseguiu receber porque é o primeiro vínculo empregatício dela e, para ter direito ao benefício é preciso que o trabalhador tenha seis salários consecutivos e seis meses trabalhados nos últimos 36 meses. Pode ter acontecido de o atendente que encaminhou o Seguro-desemprego dela ter errado na hora de colocar que o aviso prévio foi indenizado. É quase certo que aconteceu isso.

      Att

  21. Cristiano
    6 de fevereiro de 2014 em 19:25

    Ganhei a conta em dezembro, mais so em março vai fazer 16 meses que peguei o ultimo seguro,se eu espera da os 16 meses e ir dar entrada terei direito, uma vez que estará dentro do prazo de 120 dias, se alguem puder me responder Agradeço… Obrigado

    1. Roberta
      7 de fevereiro de 2014 em 12:07

      Boa tarde, Cristiano. Não terá direito, pois a data de saída tem que ser depois que termina o período aquisitivo. Como o seu termina em março e você já saiu da empresa, não dá.

  22. 8 de fevereiro de 2014 em 21:58

    fiquei 2 meses e 3 dias desempregado recebi 3 parcelas do seguro e a quarta esta disponivel mas quero saber se tenho direito ?

    1. Roberta
      10 de fevereiro de 2014 em 13:16

      Oi Edivaldo,

      Não terá direito, pois tem que ter mais de 75 dias desempregado para ter direito à terceira parcela. Já sacou uma sem ter direito.

  23. Luiz Rodrigo de Campos
    15 de fevereiro de 2014 em 14:07

    queria saber faz 15 meses que eu sai da penultima empresa, e fui demitido da ultima agora mas com aviso indenizado eu tenho direito ao seguro?

    1. Andressa
      3 de abril de 2014 em 11:55

      Gostaria de saber essa resposta tbm

  24. Cristiano
    22 de fevereiro de 2014 em 14:39

    Alguem poderia me tirar uma duvida sobre o fgts ou aqui é somente sobre o Seguro Desemprego ?

  25. douglas favoretto
    25 de fevereiro de 2014 em 20:36

    Tenho uma dúvida, Caso o trabalhador, ao ser demitido sem justa causa, já seja admitido no mesmo mês da demissão em um novo emprego, e na experiência ele pedir dispensa , também poderá solicitar o seguro desemprego?

    1. Roberta
      26 de fevereiro de 2014 em 12:22

      Oi Douglas. Poderá encaminhar o Seguro-Desemprego, porém as parcelas ficarão suspensas por reemprego. Elas somente poderão ser retomadas sem o trabalhador for dispensado novamente sem justa causa ou no término de contrato de experiência. Se o trabalhador pedir dispensa não poderá retomar as parcelas.

      Att,

      1. douglas favoretto
        26 de fevereiro de 2014 em 15:10

        só pra mim entender então não receberei nenhuma parcela , fui dispensado no dia 7/02 e fui readmitido no dia 18/02 e pedi para sair ontem .

        1. Roberta
          26 de fevereiro de 2014 em 15:43

          Não vai receber nenhuma parcela. Mas, de qualquer forma, é bom encaminhar o Seguro-Desemprego, pois você poderá resgatar essas parcelas se for dispensado da próxima empresa, mesmo que fique dias na empresa.

  26. Eliana salles
    5 de março de 2014 em 19:14

    Boa noite!
    Iniciei dia 01/20/2013 e sai no dia 18/02/2014 . Trabalhei 5 meses em uma empresa e fui indenizada o ultimo meses tenho direito o seguro desemprego?

  27. kelly
    13 de março de 2014 em 16:52

    Boa tarde!

    fui demitida 07/02/2014 trabalhei 1 ano e 6 meses a fui ate a empresa no dia 14/02/2014 eles me pagaram minha recisão e não deram baixa na minha carteira eles estão alegando que por eu ter mais de 1 ano preciso ser homologada pelo sindicato que por esse motivo eles não podem da baixa na minha somente no sindicato e alegam que não esta tendo vaga no sindicato para ser feita a homologação para darem baixa na carteira e liberarem as guias de fundo de garantia e auxilio desemprego o que posso fazer em relação a isso.

  28. douglas favoretto
    14 de março de 2014 em 1:33

    nossa como nos trabalhadores brasileiros estamos a merce das empresas , estou esperando hj a 37 dias pra empresa entrar em contato comigo e me encaminhar para fazer exames demissional e fazer a homologação , fui ate o sindicato la eles me disseram que a empresa tem 120 dias pra me liberar totalmente . . gente 4 meses sou pai de família pago aluguel , tenho contas pra pagar e comprar leite pra minhas filhas ………… alguém tem uma dica que posso acelerar este processo ????????? estou achando que o problema e pessoal pois a menina do rh diz que esta todos os papeis com meu ex supervisor e o mesmo não atende as minhas ligações. me ajudem por favor estou perdido

  29. 19 de março de 2014 em 12:02

    Pessoal, tenho uma informação que procurei em vários blogs, e nenhum deles consegui a informação correta, como eu gostei desse aqui, tenho uma informação muito importante e sei que é a dúvida de muitos e acho interessante que os administradores do blog acrescente essa informação em um tópico. Eu fui demitido com o direito a 5 parcelas do seguro desemprego por que consegui ficar na mesma empresa por quase 9 anos, hehehe, legal em? Pois é, por falta de informação retirei apenas as duas primeiras parcelas e decidi deixar as outras três parcelas para retirar tudo junto, cada parcela de R$795,00 x 3 = R$2.385,00, então fui até a agencia da Caixa retirar com o meu cartão cidadão no caixa eletrônico, foi a minha primeira decepção, como acumulou apareceu uma mensagem para eu retirar com um atendente, quando cheguei lá foi solicitado o número do meu PIS, só que eu não tinha anotado no meu cartão cidadão, então fui embora e só voltei no Mês seguinte todo alegre, pois iria pegar uma bolada, hehe, foi a minha segunda decepção, fui informado que uma parcela teria sido devolvida, uma estava fora do prazo de saque e a terceira eu consegui tirar, e me informaram que eu tinha que procurar ministério do trabalho, só que antes disso eu pesquisei na internet só que não encontrei a resposta que eu queria e liguei para o número 0800-726-0207, na opção 4 que é de seguro desemprego, então consegui as informações necessárias.
    1º Temos até 67 dias após a parcela ter sido depositada em nossa conta para sacar, ou o dinheiro será devolvido pela caixa.
    2ª Se você tiver dentro do prazo de 16 meses que deu entrada no seguro, pode requerer procurando o ministério do trabalho que marcará uma nova data para a parcelar der depositada em sua conta.

    Espero que tenham gostado da minha resposta.

  30. patricia
    24 de março de 2014 em 19:36

    ola, meu pai recebeu a segunda parcela do seguro desemprego e foi cancelado, pos o mesmo por informaçao errada voltou a pagar o inss, como fazer pra reaver o seguro ou nao tem mais mais jeito, ele nao esta trabalhando e era o unico salario q tinha.

    1. Roberta
      25 de março de 2014 em 12:26

      Boa tarde, Patrícia

      Primeiro ele terá que ir ao INSS e mudar a categoria de contribuição para FACULTATIVO. Depois de alterado isso, terá que ir ao Ministério do Trabalho e fazer o Recurso 801. Somente com este procedimento serão liberadas as parcelas que ficaram suspensas. :)

      1. patricia
        25 de março de 2014 em 19:22

        Roberta sabe mim informar quais sao os documentos que preciso levar alem da carteira de trabalho para comprovar que o meu pai ta desempregado?

        1. Roberta
          26 de março de 2014 em 11:25

          Oi Patrícia. Primeiro tem que modificar a categoria da contribuição no INSS para depois fazer o recurso no MTE. Quem deve fazer isso é o seu pai, pois o seguro-desemprego é dele. Não tem como você fazer os procedimentos por ele. Os documentos necessários somente o MTE poderá te informar, pois são eles que fazem os recursos. :)

          1. patricia
            27 de março de 2014 em 12:57

            ola Renata! quando referi a mim informar os documentos necessários, o interesse é do meu pai mesmo só fui intermediaria da conversa. Mas fomos tomar as providencias citadas por você e correu tudo bem, porem disseram que a contribuição facultativa pode atrapalha-lo quando for aposentar e que voltara a receber o seguro desemprego de 3 a 7 meses. achei tempo demais, mas obrigada pelas orientações, foram muito uteis. Um Abraço…

          2. Roberta
            27 de março de 2014 em 13:16

            Boa tarde, Patrícia. Que bom que deu certo. Quanto a prejudicar para se aposentar, não estou sabendo disso. Além do mais, sem a contribuição ser facultativa não tem como receber o Seguro-desemprego e contribuir com o INSS. São de 3 a 5 parcelas. De 3 a 7 em caso de calamidade pública (enchente etc). Não espere eles te ligarem avisando se liberou, daqui a um mês ligue para lá para saber. Att,

  31. Mei
    28 de março de 2014 em 9:57

    Tenho 2 anos de empresa, mas serei demitida de uma empresa para ser registrada em outra empresa de outro socio, gostaria de saber se caso eu seja demitida dessa outra empresa em um periodo de 6 meses ou 1 ano, na hora de receber o seguro desemprego, é contado esses 2 anos que nao cheguei a receber? Obrigada!

  32. Anna
    31 de março de 2014 em 11:59

    Ola! Boa tarde. Fui demitida sem justa causa, e meu ultimo dia de aviso e no dia 04 de abril de 2014, sendo que e meu aniversario. Gostaria de saber se eu faltar neste dia, serei prejudicada no meu aviso. Esta empresa e privada.

  33. NBS
    31 de março de 2014 em 22:53

    Tinha uma Empresa MEI, e sabia que seria demitido,Cancelei o MEI um mês antes de dar entrada no Seguro Desespero e quando fui dar entrada apareceu percepção de renda própria, então não é simples o cancelamento da empresa via portaldoempreedor.
    Consegui agendar no mte para dar entrada no recurso 801.Quais providencias devo fazer?Será que recebo este ano de 2014? Este sistema de baixa da empresa mei, é o pior que já vi.
    Atenciosamente
    Normando

  34. Juliana
    23 de abril de 2014 em 16:24

    Fui demitida em 30-12-13, quando foi dia 26-01-14 a empresa liberou a senha do fgts depois em 10- 02 -14 eles me deram aquela folha verde e marron para poder dar entrada no seguro desemprego, sendo que eu guardei essa folha e não lembrava onde coloquei, fui achar agora no meiado de abril , e a empresa me informou que eu perdi o seguro , como se é até 120 dias para dar entrada eu não entendi, nas minhas contas faltam alguns dias para terminar!!!! ME RESPODAM SE EU REALMENTE PERDI OU NÃO O SEGURO DESEMPREGO

    1. Roberta
      23 de abril de 2014 em 17:02

      Boa tarde, Juliana
      Qual é a data de demissão que está na sua carteira? Foi aviso prévio cumprido ou indenizado? Tudo isso faz diferença.
      No caso de ter perdido as folhas, isso não é justificativa, pois a empresa pode fornecer outra em caso de perda.

Deixe uma resposta