Quando acontece suspensão ou cancelamento do seguro desemprego

Suspensão ou cancelamento do seguro desemprego, confira quando acontece e o que fazer.

O seguro desemprego é um auxílio financeiro temporário concedido ao trabalhador desempregado, em virtude da dispensa sem justa causa. O trabalhador terá direito a receber entre 3 a 5 parcelas.

Vamos ver as hipóteses em que o beneficio pode ser suspenso e cancelado.

Quando acontece suspensão ou cancelamento do seguro desemprego

Confira o que acontece no caso de suspensão ou cancelamento do seguro desemprego, veja as informações atentamente.

Suspensão do seguro desemprego

O pagamento do benefício do seguro-desemprego será suspenso nas seguintes situações:

  1. admissão do trabalhador em novo emprego;
  2. início de recebimento de benefício de prestação continuada da Previdência Social, exceto o auxílio-acidente, o auxílio suplementar e o abono de permanência em serviço;
  3. Inicio de recebimento do auxílio-desemprego
  4. recusa injustificada por parte do trabalhador desempregado em participar de ações de recolocação de emprego, conforme regulamentação do Codefat.

Caso o motivo da suspensão tenha sido a admissão em novo emprego, o que implica em não recebimento integral do seguro desemprego, o trabalhador poderá receber as parcelas restantes, referentes ao mesmo período aquisitivo, desde que venha a ser novamente dispensado sem justa causa. Desta forma voltará a receber as parcelas restantes.

A percepção pelo trabalhador de saldo de parcelas relativo a período aquisitivo iniciado antes da publicação da Lei nº 8.900, de 30 de junho de 1994, será, desde que atendidos os requisitos do próximo parágrafo, na demissão que deu origem ao requerimento, substituído pela retomada de novo benefício.

Na hipótese da retomada prevista no parágrafo anterior, o período aquisitivo será encerrado e será iniciado novo período a partir dessa demissão.

Como voltar a receber o as parcelas seguro desemprego

Mas para voltar a receber o seguro desemprego, deve preencher alguns dos requisitos abaixo:

a) O fim do contrato do novo emprego deve ser sem justa causa ou por contrato por tempo determinado, como nos exemplos:

  1. contrato de experiência,
  2. contrato temporário e;
  3. contrato por tempo determinado.

b) A data da extinção contratual do novo emprego não pode ultrapassar 16 meses contados da data da dispensa que originou o seguro desemprego;

c) O prazo para solicitar a retomada no recebimento das parcelas é de 120 dias a contar da dispensa no novo emprego.

É possível solicitar a retomada do seguro-desemprego nos seguintes locais: Delegacia Regional do Trabalho, no Sistema Nacional de Emprego e nas agências credenciadas da Caixa Econômica Federal.

Cancelamento do seguro desemprego

O governo federal poderá condicionar o recebimento da assistência financeira do Programa de Seguro-Desemprego à comprovação da matrícula e da frequência do trabalhador segurado em curso de formação inicial e continuada ou qualificação profissional, com carga horária mínima de 160 (cento e sessenta) horas.  Caso o beneficiário se recuse a matricula e frequência no curso determinado pelo MTE, terá automaticamente o seguro desemprego cancelado.

O cancelamento do benefício do seguro desemprego dará também nos seguintes casos:

  1. Pela recusa, por parte do trabalhador desempregado, de outro emprego condizente com sua qualificação e remuneração anterior;
  2. Por comprovação de falsidade na prestação das informações necessárias à habilitação;
  3. Por comprovação de fraude visando à percepção indevida do benefício do Seguro-Desemprego;
  4. Por morte do segurado.

O trabalhador beneficiário do seguro desemprego terá o beneficio suspenso por 2 anos, observado o prazo de carência, o direito do trabalhador ao recebimento do seguro desemprego, dobrando-se este período em caso de reincidência.(Incluído pela Lei nº 12.513, de 2011)

Confira também:

Sou MEI tenho direito a receber o seguro desemprego se for demitido?

A resposta é muito clara, se for microempreendedor e estiver trabalhando no regime CLT não terá direito ao seguro desemprego, pois pressupõe-se que se tem um CNPJ tem renda própria, portanto caso este seja seu caso e ainda esteja trabalhando sabe que caso venha a ser demitido não receberá as parcelas.

Se por um acaso tem o MEI inativado antes da demissão, ai poderá ter direito.

É bom saber que o governo já cruza os dados de quem solicita o seguro desemprego para saber se o CPF tem vínculo com algum CNPJ. Fique atento!

Gostou do artigo?

Compartilhe para que mais pessoas tenha acesso a esta informação. Avalie também o post. Comente, opine, conte sua experiencia.

Quando acontece suspensão ou cancelamento do seguro desemprego
3.1 (61.54%) 13 votes



149 Responses to “Quando acontece suspensão ou cancelamento do seguro desemprego”
  1. Vania Ramos
    • Maria Adelaide Martins Gomes
    • Willy
  2. Vanessa Vieira
    • Bruno
    • Emprego
      • talita
      • Josué de Souza
  3. Zuleide Oliveira
    • Guilherme Lima
      • Genilda Menezes dos santos
        • Admin
          • Joel de Oliveira
    • Bruno
  4. wellington santos
    • Dalvane Fernandes De Matos
  5. marcelo gomes
    • Bruno
  6. ana
  7. Cellex
  8. Emanuela
  9. alessandro
    • manoel imbiriba rosa nascimento
  10. Michele
    • Vanneça
      • Madson Expedito
  11. priscila
  12. Valter de Souza
  13. hozeia benarros
  14. marcos
  15. CLAUDEMIR DOS SANTOS SIQUEIRA
    • Nathalia Rodrigues da Silva
  16. Ana clara lima
    • luizal
      • Redação
  17. Iza azevedo
  18. ilza ferreira oliveira filha
    • Madson Expedito
      • Mariane Duarte Santos
  19. Stéfani Rejane
    • Madson Expedito
  20. Francisco
  21. claudiana
    • Madson Expedito
    • Reinaldo
  22. Guilherme
    • Admin
  23. Maria Cristina
    • Felipe
  24. Vinicius
    • Madson Expedito
  25. Natasha
    • Antonio Carlos Polato
  26. atila jose
  27. Vitória
  28. beatriz
  29. ANDRE DUARTE
    • Madson Expedito
  30. ELCIVANIA VIEIRA - NATAL/RN
  31. daniel
  32. Jones
  33. ELCIVANIA VIEIRA
  34. ELCIVANIA VIEIRA
  35. Henrique
  36. Adriana
  37. ELCIVANIA VIEIRA
  38. ELCIVANIA VIEIRA
    • Admin
  39. janete
  40. wellington
    • Admin
  41. marcio
    • Madson Expedito
  42. Ricardo
  43. Mario
  44. Helcio
  45. ELCIVANIA VIEIRA
    • Madson Expedito
    • Madson Expedito
  46. michell
  47. Marcos
  48. Bruna
    • Madson Expedito
  49. Jessyka Pereira
    • Madson Expedito
    • Redação
  50. RONALDO
    • carlos
      • Admin
  51. Washongton dos santos
    • Admin
  52. Fernando
  53. Michele
  54. Eduardo
    • Redação
  55. Jean Garrett
    • Fran
      • Redação
  56. Vanessa
  57. Dayane
  58. raianny de souza santos bandeira
  59. Lidiane
  60. Ricardo donizete Rodrigues
  61. Rosane Silva Santos
    • Redação
  62. WELLINGTON DOS SANTOS PEGO
  63. Jessica
    • Admin
  64. isleide
  65. Ronaldo
  66. Francisco
  67. Joel de
  68. Antonia
  69. Daiana Rodrigues
  70. Tainara
    • Redação
  71. Tatyara Cristina coelho
  72. sara
  73. Marina Amaral
  74. Victor
  75. Nayara Luiza Marques de Freitas
  76. Anna Maria
  77. Tamyris Santiago Almeida
  78. Wallace
  79. Rodrigo Fernando da Silva
    • Redação

Deixe uma resposta