Solicitação Seguro Desemprego 100% pela internet

Veja como é que vai funcionar a Solicitação Seguro Desemprego 100% pela internet.

Em 19 de dezembro o governo federal, através do ministério do Trabalhou, anunciou que a solicitação do seguro desemprego será 100% online. Desde novembro de 2017 o processo começou a ser feito em partes pela internet, mas agora a solicitação do pedido já pode ser feito 100 online.

O chamado seguro desemprego 100% web permitirá que o benefício seja concedido sem a necessidade de comparecimento a um posto de atendimento. Até então, o trabalhador podia dar entrada no seguro desemprego pela internet, mas era necessário  agendar uma data para levar os documentos presencialmente. Confira como solicitar o seguro desemprego totalmente pela internet.

O que é a Solicitação Seguro Desemprego 100% pela internet

Com a modernização tecnológica dos sistemas do governo, agora é muito mais fácil e rápido fazer a Solicitação Seguro Desemprego, sem burocracias, de maneira simples, para isso o trabalhador basta acessar o site portal Mais Emprego Brasil.

Ao longo do artigo verá como fazer a Solicitação Seguro Desemprego 100% pela internet.

Como pedi Seguro Desemprego 100% pela internet?

O trabalhador que quiser o benefício deve acessar o portal Emprega Brasil e seguir o passo a passo informado. Deve informar os dados pessoais e responder um breve questionário sobre a vida laboral e previdenciária.

O sistema irá checar se as informações necessárias constam nas bases de dados do governo. Caso não haja necessidade de complementação, o benefício será concedido em 30 dias, mesmo prazo necessário caso o trabalhador vá diretamente a uma agência. Caso contrário, será necessário o comparecimento a postos de atendimento.

Solicitação Seguro Desemprego 100% pela internet

Facilidade para receber o seguro desemprego Seguro Desemprego 100% pela internet

O Ministério do Trabalho estima que um em cada quatro trabalhadores desempregados possa receber o seguro apenas com o acesso on-line.

“Queria estar tratando do seguro emprego e não do seguro-desemprego, mas, infelizmente, devido à questão da rotatividade, do desemprego, a questão econômica, aparece essa ferramenta que tem como finalidade garantir uma subsistência ao trabalhador no período em que está completamente desativado da sua função”, disse o ministro do Trabalho, Caio Vieira de Mello, no discurso de lançamento da nova modalidade.

Aumento no numero de solicitação

Segundo o MTE, há atualmente 600 mil requerimentos mensais do benefício. A estimativa é que com a possibilidade de pedido pela internet esse número cresça. De acordo com os últimos dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o país tem 12,5 milhões de desempregados.

Quem pode receber o seguro desemprego?

Podem receber o seguro desemprego trabalhadores que foram dispensados de trabalhos formais, com carteira de trabalho assinada. Atualmente existem cinco modalidades para pagamento do seguro-desemprego. Pelo seguro-desemprego formal, os trabalhadores recebem entre R$ 954 e 1.677,74. Há ainda as modalidades pescadoras artesanal, empregadas doméstico, trabalhador resgatado e bolsa de qualificação profissional.

Como Fazer Solicitação Seguro Desemprego 100% pela internet

Confira como fazer o pedido do seguro desemprego totalmente online, dentro de sua casa, sem pegar filas ou se estressar com filas.

Requerimento pela webseguro desemprego internet

Para solicitar o benefício, o trabalhador deve entrar no Portal Emprega Brasil e digitar sua senha de acesso. Quem não tiver a senha, deve informar seus dados pessoais, que serão checados nas bases de dados do Governo Federal, e responder um questionário com cinco perguntas sobre a sua vida laboral e previdenciária.

Com o acesso ao portal, é preciso clicar em “Solicitar Seguro desemprego” e informar o número do requerimento que está no comunicado de dispensa. O usuário, então, será direcionado a seguir o passo a passo com oito etapas: confirmação de dados do requerimento; atualização das informações do requerente; formação acadêmica (cursos acadêmicos e de qualificação profissional); indicação de  experiências profissionais mais relevantes; objetivos profissionais; pesquisa de vagas com seu perfil se houver; cursos de qualificação; e por fim, confirmar a solicitação do benefício.

“Antes, todo esse processo era feito pelo posto. Agora, o trabalhador faz tudo pela internet, de forma ágil, intuitiva, interativa e segura. Esse é um caso de sucesso de um projeto ponta a ponta, com a criação de um portal com diversos serviços para autoatendimento, que, além de facilitar a vida do trabalhador, também agregará valor e segurança para o negócio de nosso cliente”, conclui José Ferreiro Espasandin, gestor do projeto Emprega Brasil 2.0.

Para acessar o Portal Emprega Brasil, digite https://empregabrasil.mte.gov.br




Deixe uma resposta