Seguro Desemprego 2020: Valor, Parcelas, Tabela

De acordo com as regras do país o Seguro Desemprego 2020 é um dos benefícios que os trabalhadores tem direito. Veja mais sobre o assunto!

Conforme a lei do Brasil o Seguro Desemprego 2020 é garantido ao trabalhador que possui carteira assinada. Desse modo, quando o trabalhador não estiver apto para exercer suas funções ele receberá os valores de direito.

Como funciona o auxilio do seguro desemprego

Com a finalidade de auxiliar o trabalhador, são oferecidos a ele diversos benefícios específicos. Assim sendo, uma desses auxílios é o seguro desemprego 2020.

Dessa forma, o trabalhador com carteira assinada poderá obter uma certa quantia de valor quando não estiver apto a trabalhar. Consequentemente são realizados alguns procedimentos para manter ativo esse benefício.

Então, o seguro desemprego 2020 consiste nas novas regras e modo de funcionamento do programa. Além disso, basta ao trabalhador solicitar o valor que ele tem de direito ao sair do seu emprego.

De acordo com o período de trabalho que ele passou em uma empresa, será calculado o valor que ele possui. Entretanto ele deve estar ciente que receberá esse valor quando não for mais um empregado e vice-versa.

Além disso, é importante saber que o trabalhador que possui carteira assinada, possui esse e outros benefícios. Assim, quando ele necessitar ele poderá reaver seus direitos, como é o caso do seguro desemprego 2020.

Portanto, basicamente esse é um benefício garantido ao trabalhador quando ele não exercer mais sua função. Dessa forma, ele será amparado com o valor pago pelo tempo em que ele trabalhou anteriormente.

Modalidades do seguro desemprego

Conforme a lei do país que rege as condições de trabalho,temos as seguintes modalidades do seguro desemprego:

Trabalhador formal

Nesse caso, o trabalhador receberá o benefício caso seja demitido sem justa causa ou por sofrer dispensa indireta. Assim sendo, o trabalhador terá uma assistência e será amparado até encontrar outro emprego.

Então, para solicitar esse auxílio o trabalhador que foi demitido sem justa causa, terá de preencher um requerimento. Posteriormente, deverá levar duas vias do formulário preenchido em um dos postos de atendimento do Ministério do Trabalho e Emprego.

Trabalhador doméstico

O trabalhador doméstico terá direito ao benefício de acordo com a lei número 10.208 que garante assistência ao empregador doméstico. Desse modo, o profissional terá de ter sido demitido sem justa causa.

Trabalhador Pescador Artesanal

De acordo com a lei do país os trabalhadores pescadores artesanais terão direito ao seguro desemprego 2020. Entretanto para isso eles deverão possuir atividade de pesca e terem sido proibidos devido ao período de defeso.

Trabalhador Resgatado

Conforme essa modalidade o trabalhador resgatado é aquele que passava por trabalho escravo/forçado. Assim, ele terá direito a pelo menos 3 parcelas com valor do salário mínimo.

Bolsa-qualificação

Essa modalidade visa auxiliar o trabalhador que possuam contrato suspenso e que esteja matriculado em cursos oferecidos pelo empregador. Dessa forma, em momentos onde a atividade econômica não estiver muito boa, os trabalhadores formais receberão esse benefício.

Novas regras de solicitação

Atualmente para receber o seguro desemprego 2020 haverá novas regras de solicitação que deverão ser atendidas. Assim sendo, o objetivo é garantir a melhoria do serviço, veja as mudanças ocorridas:

a) Primeira solicitação deve ter trabalhado 12 meses nos últimos 18 (dezoito) meses imediatamente anteriores à data de dispensa

b) Segunda solicitação deve ter trabalhado pelo menos 9 (nove) meses nos últimos 12 (doze) meses imediatamente anteriores à data de dispensa; e

c) Terceira solicitação em diante deve ter trabalhado 6 (seis) meses imediatamente anteriores à data de dispensa.

Então, para seguir as novas regras basta consultar a tabela e facilmente o trabalhador saberá como proceder. Entretanto a cada ano são realizadas atualizações e cabe ao trabalhador se informar sobre isso.

Como dar entrada ao seguro desemprego 2020 pela internet

Com o intuito de realizar a entrada ao seguro desemprego 2020 pela internet, acesse o site clicando aqui

Então, veremos a seguinte página de cadastro do agendamento online:

saa mte agendamento

Em seguida preencha as seguintes informações obrigatórias:

  • Estado
  • Município
  • Tipo de Atendimento: Escolha “Entrada no Seguro Desemprego”
  • Digite o código de segurança

Logo após, clique no botão “Prosseguir”. Então, realize a escolha da data e do local e confirme o agendamento. Posteriormente estaremos realizando um tutorial detalhado para ensinar o agendamento completo. Pois, assim ficará mais fácil de compreender detalhadamente todo o processo.

Documentos Necessários

Certamente são necessários alguns documentos para o Seguro Desemprego 2020. Assim sendo, leve até o local do agendamento os seguintes documentos:

  • RG e o CPF
  • A carteira de trabalho
  • Inscrição do PIS/PASEP
  • Requerimento/Comunicado de Dispensa
  • Termo de Rescisão do contrato/Termo de quitação
  • Documentos de depósito do FGTS ou extrato

Logo após obter todos os documentos necessários se dirija até um posto autorizado pelo Ministério do Trabalho. Então, entregue os documentos e aguarde o resultado.

Quantidade de parcelas x solicitação

Ademais temos as parcelas e a solicitação do seguro desemprego 2020 que são padronizados de acordo com requisitos específicos. São ao todo 3 parcelas diferentes que variam conforme o tempo de trabalho efetuado.

Então, vamos ver quais são essas parcelas e solicitações:

 

numero de solicitação de seguro desemprego

Conforme a tabela podemos ver como são realizados os procedimentos a depender das parcelas e meses trabalhados. Logo após, a quarta solicitação será necessário apresentar um comprovante que mostra que o trabalhador exerceu função por 6 meses.

Então, basta seguir corretamente o que foi informado para poder conseguir o seguro desemprego 2020.

Tabela do seguro desemprego 2020

Com o intuito de facilitar e agilizar bastante os procedimentos de aquisição do seguro desemprego 2020 foi montada uma tabela. Assim sendo, o trabalhador poderá consultá-la quando necessário para tirar dúvidas.

Contudo, todos os anos são realizadas diversas atualizações nas tabelas e regras. Então, no momento essa é a tabela que ainda está em vigor e que poderá posteriormente sofrer alguma alteração futura.

Então, vamos verificar a tabela do seguro desemprego:

tabela seguro desemprego 2019

Portanto, essa é a tabela que ainda não sofreu alterações. Posteriormente se houver alterações caberá ao trabalhador se atualizar para continuar informado sobre esse assunto.

Calcular o seguro desemprego 2020

Nesse sentido, o trabalhador deverá realizar esse cálculo levando em conta todo o valor recebido nos últimos 3 meses. Em resumo, esse é o valor que ele recebeu antes de sua demissão.

Além disso, ele terá de conferir em sua carteira de trabalho qual foi o tempo que ele trabalhou. Como resultado o trabalhador terá a média do que receberá após o cálculo ser gerado.

Ademais o valor recebido estará de acordo com o que era recebido no tempo que o trabalhador estava empregado. Portanto, cada trabalhador receberá de acordo com o que tem direito, nisso os resultados serão diferentes.

Vale lembrar que trabalhadores domésticos, resgatados ou pescadores artesanais o valor é de um salário mínimo.

Como consultar o seguro desemprego 2020

A fim de consultar o seguro desemprego 2020 o trabalhador deverá estar acessando um site. Dessa forma, será muito mais cômodo e rápido do que ter de sair de casa para resolver esse assunto.

Então, para realizarmos esse processo teremos que acessar o site da Caixa Econômica Federal. Assim sendo, para entrar no site clique aqui

Logo após, a página ser carregada automaticamente nós teremos a seguinte tela:

consultar seguro desemprego

Conforme vemos na imagem temos alguns campos a serem preenchidos e eles são obrigatórios. Então, coloque o seu CPF/NIS/E-mail no primeiro campo e sua senha na segunda caixa.

Em seguida clique em “Não sou um robô” para demonstrar que você é uma pessoa e não um software. Então, clique no botão “Acessar” para continuar o processo no site.

Caso precise limpar algum campo, clique no botão “Limpar”. Entretanto se você esquecer seu Login ou pretende efetuar um cadastro, clique no botão “Cadastrar/Esqueci Senha”.

Atualmente com a facilidade do uso da internet em celular e dispositivos móveis o usuário também poderá utilizá-los. Assim sendo, basta acessar o site conforme ensinamos e realizar os mesmos procedimentos.

Posteriormente a página inicial mostrada acima, basta preencher os dados exigidos e efetuar a consulta com facilidade.

Como agendar seguro desemprego (passo a passo)

Com o propósito de facilitar o entendimento do trabalhador, elaboramos um tutorial detalhado e passo a passo. Desse modo, basta seguir as instruções corretamente para realizar o agendamento do seguro desemprego 2020.

Em primeiro lugar será necessário acessar o site que permite o cadastro e o agendamento. Dessa forma, acesse o site do SAA – Sistema de Atendimento Agendado clicando aqui.

Assim que a página do site carregar corretamente teremos a seguinte tela:

dar entrada seguro desemprego

Desse modo, vamos preencher as informações obrigatórias do cadastro, que são:

  1. Estado
  2. Município
  3. Tipo de Atendimento: escolha a opção: Entrada no Seguro Desemprego
  4. Código de Segurança: preencha com o código
  5. Local onde está o código de segurança
  6. Clique no botão “Prosseguir”

Na próxima parte do cadastro poderá ocorrer duas situações diferentes. Eventualmente poderá aparecer uma mensagem na tela se o serviço não estiver disponível para agendamento no município, veja:

Entretanto se houver agendamento possível a página será a seguinte:

agendamento sd

Assim que a lista for mostarda selecione o local clicando no calendário mostrado acima. Em seguida, selecione a data disponível no calendário (quadrado branco) e o horário conforme as imagens:

data e horario de agendamento seguro desemprego 2020

data e horário de agendamento seguro desemprego

Por fim, preencha os dados da página abaixo e conclua o agendamento do seguro desemprego 2020.

agendamento seguro desemprego 2020

Preencha os seguintes itens:

  1. CPF
  2. Data de Nascimento
  3. Telefone de Contato
  4. Código de Segurança
  5. Local para colocar o código de segurança
  6. Clique no botão “Agendar”

Desse modo, estará feito o agendamento do seguro desemprego 2020 através da internet.

Como e onde receber o seguro desemprego 2020

Logo após todos esses procedimento informador anteriormente o trabalhador terá que ir até o local de recebimento. Dessa forma, é necessário esperar a aprovação da solicitação e então a pessoa receberá um cartão.

Assim sendo, esse benefício é pago pela Caixa Econômica Federal em todo o Brasil. Então, o trabalhador deverá levar os documentos até o local para poder efetuar o saque do seguro desemprego 2020.

Desse modo poderão sacar os trabalhadores que tiverem contas:

  • Poupança
  • Corrente
  • Caixa Fácil

Os portadores dessas contas receberão as parcelas direto em sua conta. Enquanto os que tiverem o cartão cidadão poderão efetuar o saque no atendimento eletrônico.

Além disso, será possível sacar mesmo não tendo conta na caixa através dos seguintes meios:

  • Lotéricas
  • Caixa Aqui
  • Autoatendimento da Caixa
  • Agências Caixa Econômica Federal

Portanto, o ideal é buscar informações no site da Caixa Econômica ou se dirigir até uma agência da mesma.

Sobre o seguro defeso: período e parcelas

Conforme a modalidade de trabalho pescador artesanal temos o chamado defeso. Assim sendo, é importante entendermos o que seria esse defeso e como ele funciona.

Dessa forma, o Defeso é um período onde são vetadas as caças/pescas/coleta de animais. Assim sendo, é totalmente proibido efetuar pesca, mesmo sendo para atividade esportiva.

Consequentemente os trabalhadores são prejudicados durante esse período e nisso eles recebem o seguro desemprego 2020. Pois, eles não terão como sustentar suas famílias durante esse período onde não podem trabalhar.

Segundo a Caixa Econômica Federal os períodos serão os seguintes:

  1. Trabalhador formal: a partir do 7º ao 120º, contados a partir da dispensa;
  2. Bolsa Qualificação: no período de suspensão do contrato de trabalho;
  3. Empregado doméstico: a partir do 7º ao 90º, contados a partir da dispensa;
  4. Pescador artesanal: durante o período de defeso, em até 120 dias do início da proibição;
  5. Trabalhador resgatado: até o 90º dia, a contar da data do resgate.

Ou seja, o trabalhador pescador artesanal terá 120 dias á partir da data da proibição da pesca.

App do seguro desemprego 2020

Certamente a tecnologia nos auxilia nas mais diversas tarefas, temos a carteira profissional digital e o aplicativo seguro desemprego 2020. Esse app permite saber informações diversas do seguro, checagem do valor, calendário, etc.

Assim sendo, quando o trabalhador precisar de alguma informação, basta ele se dirigir ao app no celular. Além disso, ele poderá realizar o agendamento pelo próprio celular o que torna tudo mais prático ainda.

Portanto, basta a pessoa acessar a loja do seu dispositivo móvel e buscar pelo aplicativo, instalá-lo e pronto. Assim, você poderá estar sempre informado e atualizado quanto a seu seguro desemprego 2020.

Telefone do seguro desemprego

Com o intuito de facilitar a busca por informações por parte do trabalhador existe o telefone para contato. O número é: 0800 726 0101 que é uma central de atendimento da Caixa Econômica Federal, aceita ligações de telefones fixos e celulares, 24h por dia 7 dias por semana.

Pode ligar também para o Caixa Cidadão no número 0800 726 0207

Neste numero você pode ligar de telefones fixos e celulares de segunda a sexta-feira, das 8h às 21h, e aos sábados, das 10h às 16h.

Assim sendo, basta ligar e tirar suas dúvidas com uma equipe especializada no assunto. Dessa forma, ficará muito mais simples de obter informações sobre o seguro desemprego 2020.

Lembrando que todo ano são realizadas atualizações e mudanças nesse seguro, e assim se faz necessário estar informado. Além disso, outras informações também podem ser obtidas na internet através do site da Caixa Econômica.

Dessa forma, para quem preferir acessar o site clique aqui




Deixe uma resposta